Clique e assine a partir de 9,90/mês

O Dia do Trabalho ao redor do mundo

Data é marcada por protestos em diversos países; a comemoração lembra uma importante greve geral americana que pedia jornada de trabalho de oito horas

Por Da redação - 1 maio 2018, 18h50

Pessoas de várias partes do mundo foram às ruas nesta terça-feira em manifestações do Dia do Trabalho, feriado internacional comemorado em 1º de maio. Além dos eventos marcados em diversos Estados do Brasil, protestos e celebrações foram realizados em Cuba, França, Turquia, Espanha, Filipinas, Tunísia, Taiwan, Rússia e Paquistão.

A data comemorativa foi reconhecida como uma celebração em vários países no início do século XX. Ela faz referência a uma greve geral convocada por grupos anarquistas dos Estados Unidos em 1º de maio de 1884, data em que muitas empresas americanas começavam seu ano contábil. O objetivo era conquistar o limite máximo de oito horas para a jornada de trabalho.

Os protestos de 1884 tiveram adesão de mais de 350.000 americanos e foram marcados por confrontos violentos com a polícia. Ao menos onze pessoas morreram durante as mobilizações e cinco líderes sindicais anarquistas foram condenados à morte.

Depois desse episódio, vários sindicatos ao redor do globo escolheram 1º de maio como data para realizar importantes mobilizações de reivindicação de direitos trabalhistas. O feriado foi, então, reconhecido em diversos países do mundo – com exceção dos Estados Unidos – em memória dessas lutas.

Continua após a publicidade

Confira as manifestações do Dia do Trabalho ao redor do mundo:

Publicidade