Clique e assine a partir de 9,90/mês

Neta de Trump vira sensação nas redes sociais da China

Arabella Kushner, de cinco anos, virou sucesso na Ásia por causa de um vídeo em recita poesias em mandarim, vestida com roupas típicas

Por Da redação - 15 nov 2016, 19h47

Aos cinco anos de idade, a neta do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, pode virar um trunfo diplomático para o avô, que não costuma ser bem visto na China. Arabella Kushner, filha de Ivanka Trump, é a protagonista de um vídeo publicado pela mãe, em que aparece vestida com roupas típicas do país asiático e recita poesias na língua local. As imagens viraram sensação nas redes sociais chinesas e amenizaram o tom dos comentários sobre o magnata.

Durante sua campanha, o republicano deixou claro que não irá facilitar os negócios chineses nos Estados Unidos e chegou a comentar que não permitiria que a China “continue a estuprar o nosso país”. Arabella, porém, ganhou a internet chinesa por sua afeição ao gigante asiático e seu domínio do mandarim.

Em seu perfil na Instagram, Ivanka compartilhou um vídeo da filha com a legenda “Arabella queria fazer uma festa de #AnoNovoChinês no último domingo antes de ir para cama. Ela se vestiu e apresentou músicas e poemas para Jared, Joseph e eu”. A pequena Trump aparece vestida a caráter, com uma decoração temática no fundo. Apesar de ter sido publicado em fevereiro, o vídeo viralizou na Ásia após a vitória do republicano.

View this post on Instagram

Arabella wanted to have a pre-bedtime #ChineseNewYear party this past Sunday evening. She got all dressed up and performed songs and poems for Jared, Joseph and me. It was pretty adorable 🐒#yearofthemonkey #happyChineseNewYear

A post shared by Ivanka Trump (@ivankatrump) on

Continua após a publicidade

“Olhem para seus filhos e família, cada um é mais lindo e adorável que o outro. Isso é resultado de educação familiar. Trump é um homem de realizações”, escreveu um usuário do Weibo, uma espécie de Facebook chinês. Outros internautas, porém, não mudaram de opinião sobre o avô de Arabella. “Isso é resultado da educação de Ivanka, não tem nada a ver com o próprio Trump”, escreveu @Jason_ZFQ.

Há quatro anos, Ivanka comentou em entrevista ao site South China Morning Post que a filha estava aprendendo mandarim com uma babá chinesa, apesar de ter apenas um ano de idade na época. “Ela ainda não fala muito, mas parece entender tantas palavras em mandarim, em relação ao que significam, quanto as que conhece em inglês”, disse a filha de Trump. Em dezembro de 2014, Ivanka havia publicado outro vídeo de Arabella praticando o idioma.

View this post on Instagram

Sunday morning Chinese lesson! Arabella's working hard! #practice

A post shared by Ivanka Trump (@ivankatrump) on

Continua após a publicidade
Publicidade