Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Irã executa prisioneiro ligado a grupo opositor

Detento foi sentenciado à morte por enforcamento sob acusação de fornecer fotos de instalações militares iranianas e ajuda financeira a movimento de resistência

Autoridades do Irã executaram Gholamreza Khosravi, que era ligado ao movimento de resistência ao governo Organização dos Mujahidin do Povo Iraniano (conhecido pela sigla MeK), informou neste domingo a agência oficial de notícias IRNA. Segundo a agência, Khosravi foi sentenciado à morte por enforcamento em 2010, por fornecer fotos de instalações militares iranianas e ajuda financeira ao grupo, além de ajudar a recrutar novos membros. Khosravi foi preso em 1997, e já tinha passado cinco anos na prisão entre 1981 e 1986, disse a IRNA.

O MeK iniciou sua luta contra o governo do Irã logo após a Revolução de 1979, que derrubou o xá Reza Pahlevi. O grupo era coordenado a partir do Iraque durante o governo de Saddam Hussein, que empreendeu uma guerra de oito anos contra o Irã na década de 1980.

(com Estadão Conteúdo)

Leia também:

Jornalista que criou perfil no Facebook com mulheres sem véu sofre ameaças

Iranianos são presos por dançarem ‘Happy’ em vídeo

Potências iniciam fase crucial de conversações com Irã