Clique e assine a partir de 9,90/mês

Incêndio florestal em Chernobyl foi controlado, afirma governo da Ucrânia

Autoridade envolvida com o turismo na região, Yaroslav Yemelianenko, afirma que as chuvas recentes ajudaram a apagar o fogo, mas questiona versão oficial

Por Da Redação - Atualizado em 14 Apr 2020, 16h45 - Publicado em 14 Apr 2020, 15h45

As autoridades ucranianas anunciaram nesta terça-feira, 14, que os recentes focos de incêndio florestal na zona de exclusão de Chernobyl — região inóspita que se estende por um raio de 30 quilômetros da usina nuclear desativada — foram controlados. O governo do presidente, Vladimir Zelensky, prometeu transparência sobre a situação, embora entidades independentes questionem a versão do Estado sobre a dimensão do incêndio.

“Não há chamas fora do controle”, mas apenas uma “ligeira queima do chão da floresta”, afirmou o Serviço Estatal de Emergência ucraniano. Mais de 400 bombeiros permanecem na região para extinguir os focos de incêndio restantes.

Fora de controle há uma semana, incêndios florestais no norte ucraniano chegaram na segunda-feira 13 ao assentamento de Pripyat, onde fica a usina nuclear abandonada de Chernobyl. Segundo a polícia ucraniana, o fogo está ativo desde sábado 4, depois que um fazendeiro incendiou a grama seca perto da zona de exclusão.

Yaroslav Yemelianenko, uma autoridade envolvida com o turismo na zona de exclusão de Chernobyl e conselheiro do Serviço Estatal de Emergência, publicou em seu perfil no Facebook na segunda um vídeo que mostra chamas e uma nuvem de fumaça subindo da usina nuclear.

Continua após a publicidade

Posted by Yaroslav Yemelianenko on Monday, April 13, 2020

Segundo Yemelianenko, as chuvas recentes ajudaram a conter os focos das chamas, mas ele acusa o governo de encobrir a gravidade do incêndio. A organização não-governamental Greenpeace também questiona a versão do Estado para o incidente.

Continua após a publicidade

“O público deve conhecer a verdade e estar seguro”, prometeu Zelensky na segunda.

Publicidade