Clique e assine a partir de 9,90/mês

‘Hambúrguer de rato’ é a nova sensação gastronômica da Rússia

A carne de ratão-do-banhado virou ingrediente comum em restaurantes de Moscou por ser barata, gostosa e até saudável

Por Da redação - 18 nov 2016, 17h46

Ratos e gastronomia formam uma boa combinação apenas no filme Ratatouille, de 2007, mas uma nova moda na Rússia promete mudar a opinião pública sobre a presença de roedores na cozinha. Lançado pelo restaurante Krasnodar Bistro, o hambúrguer com carne de ratão-do-banhado virou sensação em Moscou e começou a ser copiado por outros estabelecimentos da cidade.

Responsável pela invenção inusitada, o chef Takhir Kholikberdiev garante que a carne é macia e saborosa, com um gosto que fica entre o peru e o porco. “É um animal muito limpo. Não só é um herbívoro, como lava todos os alimentos antes de comer”, afirmou Kholikberdiev ao jornal The Guardian. Os benefícios, garante o chef, são atestados pelos médicos: “É rico em ômega-3 e recomendado por nutricionistas”.

Comer a carne do ratão-do-banhado não é uma novidade no país, apesar de ser a primeira vez que aparece em sua versão gourmet. Nos anos 1990, quando o país tinha uma grande parcela da população abaixo da linha da pobreza, o pelo do animal era usado para fazer casacos por pessoas sem dinheiro para comprar as roupas tradicionais. Como a comida também estava em falta, pessoas começaram a se alimentar com a carne do roedor, especialmente no interior do país.

Um ratão-do-banhado
Ratão-do-banhado, ou nutria, é o novo ingrediente da moda em restaurantes de Moscou iStock

Também conhecido como nutria, o rato gigante com dentes cor-de-laranja se reproduz rapidamente, o que ainda torna o animal fácil de ser criado para consumo. De acordo com Kholikberdiev, desde que a tendência começou a se espalhar, é possível encomendar a carne em algumas feiras de Moscou. Com o sucesso da novidade, o chef já começou a expandir o cardápio. É possível provar a carne em cachorros-quentes, bolinhos e até enrolada em folhas de repolho.

Continua após a publicidade
Publicidade