Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guaidó erra e anuncia chegada à Venezuela de ajuda vinda do Brasil

Primeiro caminhão carregado com alimentos e remédios do Brasil e dos EUA, porém, continua do lado brasileiro, em Pacaraima (RR)

O presidente-interino da Venezula, Juan Guaidó, anunciou neste sábado, 23, o ingresso do primeiro caminhão de ajuda humanitária do Brasil e dos Estados Unidos na Venezuela. Mas o veículo, carregado com alimentos e kits de ajuda humanitária, teria conseguido cruzar a fronteira, continua parado do lado brasileiro da fronteira, em Pacaraima (RR). “Anunciamos oficialmente que já entrou o primeiro carregamento de ajuda humanitária por nossa ffronteira com o Brasil. Esta é uma grande conquista, Venezuela“, informou, por meio do Twitter.

O caminhão deixara Boa Vista nesta manhã, carregado 6 a 7 toneladas  de alimentos não perecíveis,  como arroz (doado pelos Estados Unidos) e leite em pó (doado pelo Brasil) e kits de medicamentos doados pelo Ministério da Saúde para doenças de baixa complexidade. Essa ajuda deve ser suficiente para contemplar 6 mil pessoas. Um segundo veículodeve chegar nas próximas horasa Pacaraima.

Em entrevista à imprensa, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmara nesta manhã esperar que as divisas sejam abertas para a passagem dos veículos com mantimentos. “A expectativa é de que as forças venezuelanas permitam a passagem dos carregamentos por um dever político. Vamos acompanhar e fazer o apelo pela abertura da fronteira”, afirmou. De acordo com o ministro, se a entrada dos caminhões não for permitida, o governo brasileiro vai consultar os representantes venezuelanos e as autoridades de segurança para determinar os próximos passos.