Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

EUA: Mulher é acusada de matar bebê de 1 mês ao colocá-lo no forno

Mariah Thomas, de 26 anos, disse à polícia que confundiu o berço com o forno ao colocar criança para dormir

Por Da Redação
Atualizado em 12 fev 2024, 19h08 - Publicado em 12 fev 2024, 14h02

Uma mulher foi presa na sexta-feira, 9, por matar seu bebê de 1 mês ao colocá-lo no forno, no estado de Missouri, nos Estados Unidos. A polícia de Kansas City respondeu a uma denúncia de “uma criança que não respirava”. Ao chegar à casa, no bairro de Manheim Park, os agentes “observaram aparentes queimaduras no corpo da vítima”, mostram os documentos do processo. O Corpo de Bombeiros foi, então, acionado e declarou a morte da criança no local.

Os detetives encontraram a vítima em uma cadeirinha, apresentando “lesões térmicas em várias partes do corpo”. Devido ao intenso calor, as roupas derreteram, assim como a fralda, e um cobertor foi encontrado com marcas de queimadura. A mãe do bebê, Mariah Thomas, de 26 anos, diz nos registros que teria ido “colocar a criança para tirar uma soneca e acidentalmente a colocou no forno em vez de no berço”.

+ Turista brasileira é baleada em loja na Times Square, em Nova York

Horas depois, ela ligou desesperada para a avó do bebê admitindo que havia confundido o forno com o berço. Em seguida, o avô foi comunicado por um telefonema da esposa, que apenas disse que “algo estava errado com o bebê”, de acordo com os autos. Eles moravam com a filha na casa em que o crime foi registrado. Caso seja condenada, Thomas poderá receber uma pena de até 10 anos de reclusão ou prisão perpétua, como permite a legislação do Missouri.

“Agradecemos a todos os socorristas que trabalharam nesta cena e aos promotores que foram ao local para apresentar essas acusações”, afirmou o promotor do condado de Jackson, Jean Peters Baker, em comunicado. “Reconhecemos a natureza horrível desta tragédia e os nossos corações estão oprimidos pela perda desta vida preciosa. Confiamos que o sistema de justiça criminal responderá adequadamente a estas terríveis circunstâncias.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.