Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Espanha registra menor número de mortes desde início de crise da Covid-19

Governo informou que 674 pessoas morreram nas últimas 24 horas, o índice mais baixo desde que o país se tornou um dos principais focos da doença no mundo

Por Redação 5 abr 2020, 10h09

A Espanha comunicou neste domingo, 05, uma queda expressiva no número de mortes de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. De acordo com o governo, foram registrados 674 óbitos nas últimas 24 horas em todo o país.

É a primeira vez que a Espanha conta menos de 800 mortes em mais de uma semana. O número é o menor desde o dia 26 de março, quando o país se tornou um dos principais focos da Covid-19 em todo o mundo. Com 11.881 mortos, a Espanha é o segundo país que mais registrou óbitos pela doença, atrás apenas da Itália, que soma 15.362 mortes.

Apesar dos números divulgados, o governo espanhol adota cautela e não demonstra otimismo até o momento. Aumentou a quantidade de pessoas que precisaram ingressar nos hospitais, totalizando 58.744 pacientes (1.132 a mais do que no último levantamento). Também subiu o número de casos graves transferidos para as unidades de terapia intensiva: foram 329 a mais do que no balanço anterior.

A responsável pelo Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias da Espanha, María José Sierra, disse que os dados são consequência de uma política de “distanciamento social importante” que foi implementada nas últimas três semanas. O índice de novos casos positivos no país foi de 6.023, o mais baixo desde 22 de março.

A Espanha já ultrapassou 130 mil casos positivos de coronavírus, o segundo maior índice no mundo. No sábado, 04, o instituto de pesquisa Imperial College, de Londres, divulgou um informe afirmando que até sete milhões de pessoas podem ter contraído o vírus no país, contabilizando casos que apresentaram ou não os sintomas da doença. O número de espanhóis que já se curaram da Covid-19 é de 38.080.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)