Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em decisão inédita na Ásia, parlamento de Taiwan aprova o casamento gay

Lei deve ser sancionada pela presidente antes de entrar em vigor

Taiwan se tornou, nesta sexta-feira 17, a primeira nação asiática cujo parlamento legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A decisão, que agora segue para sanção presidencial – e provavelmente será novamente aprovada -, acontece dois anos após o Tribunal Constitucional do país emitir um acórdão que julgava inconstitucional privar casais do mesmo sexo do direito de se casar.

Na votação, 66 deputados se manifestaram a favor da lei e 27 se posicionaram contrários.

Em 2017, após o tribunal máximo do país julgar inconstitucional privar os casais homossexuais do casamento, foi estipulado um prazo de dois anos para que o governo alterasse a lei que caracterizava matrimônio como algo exclusivo para pessoas de sexos diferentes.

O período expiraria no próximo dia 24 de maio, o que levou o parlamento a pautar a votação para esta sexta.

Com a aprovação entre os deputados, a lei agora seguirá para sanção da presidente Tsai Ing-wen – que já demonstrou ser favorável à mudança. 

Grupos conservadores do país organizaram protestos e referendos nos últimos meses condenando a medida. Nesta sexta, mesmo em um dia chuvoso na capital do país, Taipé, grupos pró-direitos LGBT comemoraram a decisão.

(Com agências internacionais)