Clique e assine a partir de 8,90/mês

Em carta a Obama, menino de 6 anos oferece casa a criança síria

O pequeno Alex ficou comovido com a história de Omran Daqneesh, de 5 anos, que apareceu machucado em imagens da guerra na Síria

Por Da redação - Atualizado em 22 set 2016, 16h00 - Publicado em 22 set 2016, 11h13

Um menino de 6 anos de idade se tornou um exemplo para Barack Obama após enviar uma carta ao presidente americano oferecendo sua casa para receber uma criança síria. Alex, morador da cidade de Scarsdale, em Nova York, pediu que Obama buscasse Omran Daqneesh, o garoto sírio de 5 anos machucado em um bombardeio, cuja foto chocou o mundo.

“Lembra aquele menino que foi pego pela ambulância na Síria? Você pode, por favor, buscá-lo e trazê-lo para minha casa? Estacione na garagem ou na rua e nós vamos estar esperando vocês com bandeiras, flores e balões. Nós vamos lhe dar uma família e ele vai ser nosso irmão”, escreveu Alex. “Nós podemos brincar juntos. Podemos convidar ele para festas de aniversário e ele vai nos ensinar outra língua. Nós podemos ensiná-lo inglês também”, disse o menino.

Leia também:
Foto de criança síria ferida em Aleppo mostra horrores da guerra
Quase 4 milhões de crianças refugiadas estão fora da escola
Ilustração retrata comovente situação de crianças sírias

No início da semana, Obama leu as palavras de Alex durante um discurso na Organização das Nações Unidas (ONU), antes de postar um vídeo com o texto nas redes sociais. “Essas são palavras de um menino de 6 anos. Ele nos ensina muito”, falou Obama. “Ele não aprendeu a ser cínico, desconfiado ou com medo de outras pessoas por causa de onde elas são, sua aparência ou como rezam”, comentou o presidente.

Vídeo: Assista Alex lendo sua carta na íntegra (em inglês)

Continua após a publicidade
Publicidade