Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

E-mail revela o apelido de Assad na intimidade: ‘Patinho’

Na internet, troca de mensagens do ditador e sua mulher virou motivo de piada

Por Da Redação
28 mar 2012, 13h40

O ditador sírio Bashar Assad tem um apelido na intimidade: “patinho”. É dessa forma que a primeira-dama, Asma, se refere a ele em um e-mail divulgado pela imprensa britânica. Numa mensagem de 18 de janeiro, Asma se refere a seu marido como “meu patinho careca” e assina, numa mistura de inglês e árabe, “your batta” (sua patinha).

Cartaz retrata Assad como o Pato Donald
Cartaz retrata Assad como o Pato Donald (VEJA)

Leia também:

Leia também: Síria bombardeada; e primeira-dama só pensa em comprar

As mensagens enviadas pela primeira-dama ao ditador são sempre “românticas, sentimentais e, algumas vezes, picantes”, descreve o Daily Telegraph. Até versos poéticos ela arrisca: “Por que eu amo você? Eu penso e sorrio, porque sei que a lista poderia se estender por quilômetros”.

Continua após a publicidade

Mas Assad não fica atrás. Em fevereiro, enquanto o Exército bombardeava a cidade de Homs, o ditador enviava à mulher um trecho da música country God Gave Me You (Deus me deu você), de Blake Skelton: “A pessoa que eu tenho sido ultimamente / Não é quem eu quero ser / Mas você fica aqui do meu lado / Veja como a tempestade passa”.

Piada – A troca de mensagens entre os dois virou motivo de piada na internet, onde se multiplicaram caricaturas e vídeos debochando do apelido do ditador – que já aparece caracterizado até como o Pato Donald. Em uma charge, Assad é um pato seguido por uma fileira de patinhos chamados “shabihas”, em referência às temidas milícias do regime.

Os opositores do regime também aproveitaram a ocasião. Durante um protesto, exibiam patos de brinquedo que emitiam o som “quac!”. A mesma coisa aconteceu no Facebook. “Juntos arrasaremos o pato!” e “Eu sou pato, e Bashar Assad não me representa”, afirmam alguns posts. Outros fazem um jogo de palavras com o sobrenome do presidente, pois Assad significa leão em árabe: “Bashar, o pato ex-leão, não queremos você”.

(Com agência France-Presse)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.