Clique e assine com até 92% de desconto

Covid-19: América Latina considera o Brasil como pior exemplo

O Brasil ficou em último lugar na pesquisa realizada pelo instituto Trespuntozero; Uruguai, Paraguai e Argentina em primeiro

Por Da Redação 3 jul 2020, 16h12

Os governos do Uruguai, Paraguai e Argentina são os países da América Latina que receberam as melhores notas pela resposta à pandemia de Covid-19, causada pelo coronavírus, de acordo com uma pesquisa realizada na região e divulgada nesta sexta-feira, 3, enquanto o Brasil teve o pior desempenho.

O levantamento da consultoria Trespuntozero mostra que, em oito dos 10 países em que o estudo foi realizado, os entrevistados consideraram o Uruguai um dos que melhor controlaram a pandemia.

A sondagem foi feita com 10 mil pessoas distribuídas igualmente em Argentina, Chile, Uruguai, Paraguai, Peru, Equador, Colômbia, México, Costa Rica e República Dominicana. Não foram feitas entrevistas no Brasil.

Questionados sobre qual país da região estava fazendo o pior trabalho em relação à pandemia, 38,54% dos entrevistados responderam que era o Brasil.

Segundo a pesquisa, a atuação do presidente uruguaio, Luis Lacalle Pou, no combate à pandemia teve aprovação de 77,8% em seu próprio país. A aprovação do paraguaio Mario Abdo foi de 76,7% em seu país, e a do argentino Alberto Fernández de 68%.

Segundo a Johns Hopkins University, o Uruguai registra 943 casos e 28 mortes, enquanto o Paraguai com 2.303 e 19 mortos, e a Argentina 69.941 casos e 1.403 mortes. No Brasil, dados do são 1.496.858 casos e 61.884 mortes.

“Os países pesquisados foram claros sobre qual modelo não seguir: o Brasil”, disse Shila Vilker, diretora da Trespuntozero, que tem sede em Buenos Aires.

O presidente Jair Bolsonaro critica o distanciamento social adotado por governadores e prefeitos. Na madrugada desta sexta, Bolsonaro vetou o uso obrigatório de máscaras em comércios, escolas e templos.

(Com Reuters)

  • Continua após a publicidade
    Publicidade