Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Chamada de ‘gorda’ por Trump, ex-Miss Universo apoia Hillary

Em 1996, Trump humilhou publicamente diversas vezes a Miss Alicia Machado por seu ganho de peso

Por Da redação Atualizado em 28 set 2016, 14h27 - Publicado em 28 set 2016, 14h24

No debate da última segunda-feira, Hillary Clinton acusou seu adversário Donald Trump de ter humilhado a ex-Miss Universo Alicia Machado. A candidata democrata à Presidência americana lembrou o episódio em que o magnata insultou a modelo por estar acima do peso e ser de origem latina.

A venezuelana Alicia foi coroada Miss Universo em 1996, quando tinha apenas 19 anos. Na época, Trump era produtor executivo do concurso e humilhou publicamente a moça diversas vezes por seu ganho de peso após sua vitória. Ele chegou a levá-la a uma academia de ginástica, para que dezenas de fotógrafos e jornalistas a acompanhassem fazendo exercícios.

Além disso, afirmou que a moça era uma “máquina de comer”. “Eis uma pessoa que gosta de comer”, disse na academia. Trump também chamava Alicia por apelidos como “Miss Piggy”, Miss Porquinho em tradução para o português, e Miss Doméstica, pois ela era latina.

Alicia Machado participa da campanha de Hilary Clinton
Alicia Machado participa da campanha de Hilary Clinton Gustavo Caballero/Getty Images

Em entrevista ao jornal The New York Times, a moça afirmou que sofreu de distúrbios alimentares e transtornos psicológicos após a humilhação protagonizada pelo candidato republicano. “Adoeci, sofri de bulimia e anorexia por cinco anos”, disse, em uma entrevista concedida em maio deste ano. “Tinha 18 anos. Minha personalidade não havia sido criada ainda. Era só uma menina”, completou.

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM:
Anúncio de Hillary mostra meninas ouvindo insultos de Trump
Trump ameaça citar traições de Clinton em próximo debate nos EUA
Fungadas de Trump roubam a cena durante debate

Durante o debate de segunda, Hillary relembrou os americanos desse episódio e de muitos outros em que Trump ofendeu mulheres. “Uma das piores coisas que ele já disse foi sobre uma mulher em um concurso de beleza”, afirmou. “E ele chamou essa mulher de Miss Piggy e depois de Miss Doméstica. Donald, ela tem nome. Seu nome é Alicia Machado”, disse.

Trump imediatamente interrompeu Clinton e perguntou onde a democrata havia encontrado essas informações. A candidata ignorou os protestos do magnata, e concluiu: “Ela se tornou cidadã dos EUA e pode apostar que votará em novembro”.

Alicia conseguiu cidadania americana recentemente e, inclusive, participou de um dos comerciais da campanha de Hillary, no qual critica as atitudes do republicano. “Eu tinha muito medo dele. Ele gritava comigo o tempo todo”, afirma na propaganda. Além disso, a modelo ainda acusa Trump de não lhe pagar parte dos lucros devidos pelos comerciais do concurso de beleza que protagonizou.

 

Continua após a publicidade

Publicidade