Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Cerca de 250.000 pessoas fizeram fila para ver caixão da rainha Elizabeth

Autoridades do Reino Unido estimam que multidão aguardou até 17 horas em fila para ver o caixão da monarca no Palácio de Westminster

Por Da Redação
Atualizado em 20 set 2022, 11h27 - Publicado em 20 set 2022, 11h26

A Secretaria da Cultura do Reino Unido revelou nesta terça-feira, 20, a dimensão das cerimônias fúnebres da rainha Elizabeth II, que faleceu em 8 de setembro. De acordo com o órgão, cerca de 250.000 pessoas fizeram fila por até 17 horas para homenagear a monarca pessoalmente no Westminster Hall.

Os números foram revelados por Michelle Donelan, secretária de cultura do país, após o funeral de Estado da rainha na segunda-feira, 19.

Em entrevista à emissora Sky News, Donelan descreveu a fila para o Westminster Hall como “fenomenal”, e agradeceu à equipe de voluntários que trabalharam na organização dos eventos solenes.

+ Com oito quilômetros, fila para ver rainha atinge limite e é interrompida

“Foi um verdadeiro esforço de equipe para permitir que as pessoas tivessem aquele momento de despedida e quero prestar homenagem a todos os envolvidos”, disse a autoridade.

Quando questionada sobre o custo do funeral real aos cofres públicos, a secretária de cultura alegou que não poderia calcular valores, mas sugeriu que a população veria o investimento na cerimônia da rainha como “dinheiro bem gasto”.

Continua após a publicidade

“A solenidade reuniu milhares de pessoas, e acho que ninguém pode sugerir que nossa falecida monarca não mereceu essa despedida, dado o dever e o serviço altruísta que ela se comprometeu por mais de 70 anos”, conclui Donelan, acrescentando que seria “absolutamente absurdo” sugerir o contrário.

+ Conheça o local do funeral da Rainha Elizabeth II: Abadia de Westminster

+ O que Charles escreveu à mão na carta deixada no caixão de Elizabeth II

A monarca mais antiga do país foi enterrada no Castelo de Windsor na segunda-feira após um longo cortejo pelas pelas ruas de Londres e uma cerimônia na Abadia de Westminster, que contou com a presença de 2.000 pessoas. Entre a congregação no interior da igreja, estavam centenas de chefes de estado como o presidente Jair Bolsonaro, o líder dos Estados Unidos, Joe Biden, e o presidente francês, Emmanuel Macron.

+  Funeral da rainha Elizabeth II reúne líderes mundiais em Londres

Continua após a publicidade

+ Como a ida de Bolsonaro ao funeral da rainha repercutiu no exterior

Antes do funeral de Estado, o caixão da monarca ficou exposto por quatro dias no Palácio de Westminster, local que milhares de pessoas vistaram para prestar suas últimas homenagens. O evento exigiu a maior operação de policiamento realizada pela polícia metropolitana de Londres.

+ Homem é detido na fila para visitar o caixão da rainha Elizabeth II

A procissão foi transmitida por diversas emissoras de televisão e assistidas por milhões de pessoas em todo o mundo.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.