Clique e assine a partir de 9,90/mês

Aviões com brasileiros vindos da China fazem escala na Polônia e Espanha

Aeronaves chegarão ao Brasil com 34 passageiros neste domingo às 3h da madrugada, em Anápolis, Goiás

Por Da Redação - Atualizado em 8 fev 2020, 19h49 - Publicado em 8 fev 2020, 19h14

Os dois aviões que trazem os brasileiros de Wuhan, cidade onde ocorre o surto do coronavírus na China, fizeram neste sábado, 8, uma escala em Varsóvia., na Polônia, para deixar quatro poloneses e um chinês que pegaram carona no mesmo voo autorizada pelo presidente Jair Bolsonaro. Depois, as aeronaves pararam em Las Palmas (Espanha), como estava previsto. Nova parada ocorrerá em Fortaleza, segundo informou o Ministério da Defesa no Twitter. A previsão é que a aeronave chegue ao Brasil com 34 passageiros neste domingo, 9, às 3h da madrugada, em Anápolis, Goiás.

A Base Aérea de Anápolis está pronta para receber os brasileiros. Os repatriados deverão permanecer em quarentena por 18 dias, no hotel de trânsito da Aeronáutica, que foi especialmente preparado para essa operação. Eles ficarão em apartamentos individuais ou, no caso dos que são pais ou mães de crianças menores, poderão ficar no mesmo quarto. O grupo inclui crianças de 2 e 3 anos e outras de 7 a 12 anos. As visitas estão proibidas.

Duas aeronaves VC-2, modelo Embraer-190, decolaram da Base Aérea de Brasília, na quarta-feira, 5, com destino a Wuhan, para realizar o resgate, que foi apelidado de Operação Regresso à Pátria Amada Brasil. Cada avião pode transportar até trinta passageiros. Além dos repatriados e dos diplomatas que os acompanham, estão a bordo de cada avião onze tripulantes e seis profissionais de saúde da Força Aérea Brasileira (FAB), além de um médico do Ministério da Saúde.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade