Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ataques matam 13 no Iraque

Pelo menos 13 pessoas, incluindo sete policiais, morreram em três ataques em Bagdá e em uma cidade próxima, informaram fontes médicas e dos serviços de segurança iraquianos.

Em Bagdá, homens armados atacaram uma joalheria na zona norte da capital e mataram oito pessoas, segundo um novo registro apresentado pelo Ministério do Interior em seu site.

Entre as vítimas estão os dois proprietários da loja e quatro membros das forças de ordem, indicou.

Uma fonte médica forneceu, no entanto, um registro de nove mortos e 14 feridos.

Os outros dois ataques ocorreram em Ramiya, 45 km ao norte de Bagdá, segundo um tenente da polícia desta cidade.

“Três policiais morreram em um ataque efetuado por dois homens armados depois da meia-noite contra a sede da Prefeitura” de Tarmiya. O ataque durou cerca de trinta minutos.

Outros dois policiais morreram em um ataque de homens armados contra uma patrulha no início da manhã não muito distante do local do primeiro ataque, indicou o oficial de polícia.

O Ministério do Interior confirmou um registro de cinco mortos em Tarmiya, sem dar maiores detalhes.

Nos últimos anos, os episódios de violência registraram uma queda no Iraque, depois de um pico atingido em 2006 e em 2007, mas o ataques terroristas continuam. Segundo dados oficiais, 150 pessoas morreram durante o mês de fevereiro, depois de 151 em janeiro.