Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Ataque em Munique foi cometido por um único atirador

De acordo com a polícia, o agressor era um alemão de origem iraniana de 18 anos que morava na cidade

Por Da redação Atualizado em 22 jul 2016, 21h51 - Publicado em 22 jul 2016, 21h06

A polícia de Munique acredita que o ataque cometido nesta sexta-feira em um centro comercial da cidade alemã teve um único autor, que este se suicidou, informaram fontes de segurança locais no Twitter. Segundo a polícia, o atirador seria um alemão de origem iraniana, de 18 anos, morador de Munique. As causas do ataque permanecem desconhecidas.

O total de mortes subiu para dez, incluindo a do atirador, cujo corpo foi encontrado a cerca de 1 km do local do ataque. Além disso, a polícia de Munique informou que retirou o estado de alerta na cidade desde o tiroteio, restabelecendo também o funcionamento do transporte público.

LEIA MAIS:
Vídeo mostra momento em que atirador abre fogo em Munique
Apoiadores do EI comemoram tiroteio em Munique
Merkel convoca Conselho de Segurança após ataque em Munique

Até então, as forças de segurança estavam procurando três possíveis atiradores, com base nas declarações de testemunhas. Uma mulher afirmou à rede CNN ter visto o atirador mirar em crianças ao atirar, enquanto gritava “Allahu Akbar” (Alá é Grande). Por outro lado, algumas testemunhas relataram ter ouvido um atirador gritar “estrangeiros de merda” e “eu sou alemão!” durante o tiroteio, de acordo com o jornal Bild.

Após o atentado, Munique ativou o alerta antiterrorista. Foram enviados à cidade soldados de todas as forças de segurança disponíveis, com apoio de agentes deslocados de outros estados federados do país.

(Com EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade