Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aprovação de Trump alcança maior nível em 11 meses, aponta pesquisa

Cerca de 42% dos americanos aprovaram o trabalho do presidente da última semana; desaprovação continua maior, em 53%

A aprovação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atingiu o nível mais alto em 11 meses, de acordo com a pesquisa semanal apurada pelo instituto Gallup. Sua desaprovação, no entanto, supera a aprovação.

Segundo o levantamento, 42% das pessoas entrevistadas disseram que aprovam a forma como Trump trabalha, apresentando aumento de quatro pontos porcentuais em relação à aprovação de 38% vista, na semana anterior. Já a desaprovação ao presidente americano caiu de 57% para 53% desde a semana passada.

Os dados do Gallup também indicaram que a diferença entre os que disseram aprovar Trump e os que o desaprovavam diminuiu ao longo do ano passado. O índice mais baixo de aprovação registrado ao longo dos últimos 11 meses foram em agosto, outubro e dezembro, todos com 35% de aprovação e 60% de desaprovação. A última vez que Trump atingiu o índice mais alto foi em maio de 2017, também com 42%.

Em fevereiro do ano passado, no início de seu mandato, foi registrada a maior taxa de aprovação do índice: 45% aprovavam o trabalho do presidente e 47% desaprovavam. Desde que assumiu, o número de desaprovações supera as aprovações.

A média das últimas oito pesquisas sobre a performance de Trump medida pelo Real Clear Politics, considerada um dos mais críveis instrumentos de mensuração de popularidade, aponta aprovação atual de 43,5% e desaprovação de 52,6%.

A pesquisa do Gallup foi divulgada depois de uma semana agitada para Trump, que se reuniu com o presidente da França, Emmanuel Macron, e com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, além de ter discutido o futuro do acordo nuclear internacional com o Irã.

Além disso, a Casa Branca viu novos desdobramentos nas negociações entre as duas Coreias, com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, se reunindo com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in. No entanto, houve questionamentos da opinião pública sobre a escolha de Trump do médico Ronny Jackson para liderar o Departamento de Assuntos de Veteranos. Mais tarde, Jackson retirou sua nomeação.

As pesquisas de aprovação presidencial do Gallup são realizadas por telefone com 1500 adultos dos Estados Unidos e têm margem de erro de três pontos porcentuais para mais ou para menos.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Antonio Augusto Simoes

    Se a comunistada tá dizendo que a aprovação é de 44% pode crer que é no mínimo o dobro. A mídia e os institutos de pesquisas estão dominados pela esquerda e pelos GLOBALISTAS. Trump já é o maior presidente americano desde Reagan. Acho que a mídia esquerdopata tem que se acostumar que dói menos. Veja fica em pandarecos com notícias positivas de Trump. Veja é dominada e comandada por comunistas PETRALLHAS doentes e psicopatas. Não suportam Trump, mas vão ter que engoli-lo. Chupa VEJA e mídia internacional.

    Curtir