Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsonaro encontra líderes mundiais no 1º dia da cúpula do G20

Em Osaka, no Japão, presidente se reuniu em encontros privados com Emmanuel Macron e Donald Trump; também participou de reunião dos líderes dos Brics

A cidade japonesa de Osaka sedia, nesta sexta-feira 28 e no sábado 29, a 14ª reunião da cúpula do G20, encontro da organização composta pelas vinte principais economias do mundo. Pela primeira vez, Jair Bolsonaro representa o Brasil no evento, com uma agenda que inclui encontros com outros chefes de Estado e compromissos paralelos, como uma conferência sobre o empoderamento das mulheres.

Nesta sexta, o brasileiro se reuniu com o presidente da França, Emmanuel Macron, e com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Além disso, presidiu uma reunião com os líderes dos quatro países que integram os Brics ao lado do Brasil- Rússia, Índia, China e África do Sul.

Críticas internacionais às políticas ambientais brasileiras marcaram a chegada do presidente ao Japão. Bolsonaro respondeu que “alemães têm muito a aprender com o Brasil” sobre preservação após a chanceler alemã, Angela Merkel, dizer que queria ter, com ele, uma “clara conversa sobre desmatamento“. Emmanuel Macron também abordou o assunto, cobrando que o Brasil permaneça no Acordo de Paris, que já foi criticado por seu presidente.

Em seu encontro com o francês, contudo, Bolsonaro sinalizou que o Brasil segue no acordo climático e convidou Macron a visitar a Amazônia. A reunião entre os líderes foi cancelada durante a manhã (horário local), mas os dois presidentes conseguiram se reunir rapidamente antes da plenária do G20.

Com Trump, o brasileiro voltou a tratar da crise com a Venezuela. O presidente dos Estados Unidos também reiterou o apoio para que o Brasil ingresse com novo membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em contrapartida, o governo brasileiro concordou em abrir mão de vantagens comerciais na Organização Mundial do Comercial (OMC).

Trump declarou que Bolsonaro é um “homem especial, muito amado pelo povo do Brasil”, enquanto o brasileiro voltou a dizer que os dois países “nunca estiveram tão próximos”.

Acompanhe ao vivo os compromissos de Jair Bolsonaro em Osaka nesta sexta-feira:

06:50 – Fortalecimento dos Brics

O Planalto divulgou vídeo com trechos do discurso de Jair Bolsonaro na abertura do encontro informal entre os Brics – grupo que reúne Brasil, Índia, China, Rússia e África do Sul, consideradas algumas das principais nações emergentes do mundo.

No encontro, que não constava na agenda oficial, Bolsonaro disse buscar convergências com os líderes dos outros países. “Nosso governo pretende trabalhar ativamente pelo fortalecimento desse grupo. Menciono como exemplo bem sucedido da cooperação dos Brics o novo Banco de Desenvolvimento”, declarou.

 

06:21 – Boas-vindas do anfitrião

 (Kim Kyung-Hoom/Reuters)

Bolsonaro cumprimenta o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe em sessão de fotos de líderes presentes na cúpula do G20.

05:51 – ‘Sentimento seguirá em 2020’

Presente na cúpula do G20, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) postou no Twitter uma foto ao lado do pai e de Donald Trump. Eduardo comemorou a troca de elogios entre os dois presidentes e afirmou que o “sentimento” seguirá em 2020, quando Trump tenta sua reeleição.

 

05:50 – Os mais poderosos

Líderes presentes em reunião do G20 em Osaka, no Japão – 28/06/2019

Líderes presentes em reunião do G20 em Osaka, no Japão – 28/06/2019 (Twitter/Reprodução)

Foto reúne os líderes presentes no encontro em Osaka.

 

05:15 – ‘Bolsonaro é um homem especial’

Jair Bolsonaro e Donald Trump se cumprimentam durante reunião na cúpula do G20, em Osaka – 28/06/2019

Jair Bolsonaro e Donald Trump se cumprimentam durante reunião na cúpula do G20, em Osaka – 28/06/2019 (Kevin Lamarque/Reuters)

Donald Trump e Jair Bolsonaro aproveitaram reunião bilateral durante a cúpula do G20 para reafirmar os compromissos do encontro anterior entre os dois, em viagem realizada pelo brasileiro aos Estados Unidos em março. O americano mencionou a possibilidade de aumentar sanções ao governo venezuelano e destacou a importância do apoio brasileiro na questão. Trump declarou que Bolsonaro é um “homem especial, muito amado pelo povo do Brasil”, enquanto o brasileiro voltou a dizer que os dois países “nunca estiveram tão próximos”.

Trump também reiterou o apoio para que o Brasil ingresse com novo membro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em contrapartida, o governo brasileiro concordou em abrir mão de vantagens comerciais na Organização Mundial do Comercial (OMC).

 

04:50 – Bolsonaro participa da reunião de líderes 

Reunião dos líderes do G20 – 28/06/2019

Reunião dos líderes do G20 – 28/06/2019 (Twitter/Reprodução)

O presidente brasileiro se sentou ao lado do presidente francês, Emmanuel Macron, e do príncipe saudita, Mohammad bin Salman, em reunião com os líderes das nações do G20.

 

04:10 – Convite para Macron conhecer a Amazônia

Pouco mais de três horas após o anúncio de que o encontro entre Jair Bolsonaro e Emmanuel Macron fora cancelado, os dois presidentes se reuniram rapidamente antes da plenária do G20. Na conversa, houve sinalização de que o Brasil segue no Acordo de Paris e um convite para que Macron visite a Amazônia.

Mais cedo, o presidente francês disse que um acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul depende da permanência do Brasil no Acordo de Paris.

 

03:00 – Sorrisos com Trump

Jair Bolsonaro e Donald Trump na Cúpula do G20, em Osaka – 28/06/2019

Jair Bolsonaro e Donald Trump na Cúpula do G20, em Osaka – 28/06/2019 (Twitter/Reprodução)

Cerca de três meses após visita oficial aos Estados Unidos, Bolsonaro voltou a encontrar Donald Trump, nesta sexta-feura, em Osaka. Com encontro bilateral agendado, os dois posaram, sorridentes, para foto.

 

02:15 – Agradecimento à Espanha por apreensão de drogas em avião

Após encontrar o presidente espanhol, Pedro Sánchez, Bolsonaro se pronunciou em seu Twitter:  “Aproveitei para agradecê-lo pelo modo como as autoridades espanholas estão lidando com o caso dos entorpecentes apreendidos em avião da FAB e reafirmei minha defesa por punição severa para o tráfico”.

 

01:25 –  Investimentos do Banco Mundial

Bolsonaro e o novo presidente do Banco Mundial, David Malpass – 28/06/2019

Bolsonaro e o novo presidente do Banco Mundial, David Malpass – 28/06/2019 (Twitter/Reprodução)

O presidente brasileiro encontrou o presidente do Banco Mundial, David Malpass, no primeiro dia da cúpula do G20, em Osaka. Bolsonaro destacou a importância do apoio da entidade para incentivar o setor produtivo e financiar obras de infraestrutura no Brasil.

 

00:55 – Encontro informal dos Brics

Bolsonaro se reúne com líderes dos BRCIS no encontro do G20, em Osaka, no Japão – 28/06/2019

Bolsonaro se reúne com líderes dos BRCIS no encontro do G20, em Osaka, no Japão – 28/06/2019 (Twitter/Reprodução)

Bolsonaro posou para foto ao lado dos chefes de Estado dos Brics – grupo que reúne as principais economias emergentes – em um encontro não previsto na agenda oficial. Na imagem acima, ele aparece ao lado de Xi Jinping (presidente chinês), Vladimir Putin (presidente russo), Narendra Modi (premiê indiano) e Cyril Ramaphosa (presidente sul-africano).

 

 

00:50 – Aproximação com a OCDE

Bolsonaro e o Secretário-Geral da OCDE, Sr. José Ángel Gurría Treviño, na Cúpula do G20, em Osaka (Japão) – 28/06/2019

Bolsonaro e o Secretário-Geral da OCDE, Sr. José Ángel Gurría Treviño, na Cúpula do G20, em Osaka (Japão) – 28/06/2019 (Twitter/Reprodução)

No início da cúpula do G20, Bolsonaro se encontrou com o mexicano José Ángel Gurría Treviño, secretário-Geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), entidade que hoje conta com 36 países e tem o Brasil como postulante a se tornar um novo membro.  Após audiência com Treviño, o presidente brasileiro diz que conversou “sobre os próximos passos para uma relação ainda mais forte com a organização” e que o mexicano mostrou grande “entusiasmo” com a agenda brasileira de reformas. 

 

00:42 – Reunião com Emmanuel Macron é cancelada

Marcada para as 14h25 no horário de Osaka (2h25 de Brasília), a reunião de Bolsonaro com o presidente francês Emmanuel Macron foi cancelada no final da manhã no Japão. Não houve justificativa oficial para a alteração da agenda e não foi informado qual líder solicitou o cancelamento. Mais cedo, o chefe de Estado da França declarou que seu apoio ao acordo entre o Mercosul e a União Europeia dependia do respeito brasileiro ao Acordo de Paris, que já foi questionado por Bolsonaro.

(Atualização às 04:20: Horas após o aviso de cancelamento, o encontro aconteceu).