Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aeroporto de Hong Kong cancela voos por protestos nesta segunda

A companhia aérea Cathay Pacific, pressionada pela China, advertiu que seus funcionários poderiam ser demitidos em caso de apoio aos movimentos anti-governo

As autoridades aeroportuárias de Hong Kong anunciaram, nesta segunda-feira 11, o cancelamento dos voos com pouso e decolagem previstos para o local em consequência das manifestações nas instalações do aeroporto.

“Exceto os voos de partida que já concluíram o embarque e os que estão a caminho para pousar, todos os demais voos foram cancelados pelo resto do dia”, anunciou a direção do aeroporto.

Mais cedo, a companhia aérea Cathay Pacific, pressionada pela China, advertiu que seus funcionários poderiam ser demitidos em caso de apoio ou participação em “protestos ilegais” em Hong Kong.

A Direção Geral da Aviação Civil chinesa exigiu na sexta-feira da Cathay Pacific os nomes dos funcionários de seus voos com destino a China, ou que passem pelo espaço aéreo do país.

Pequim afirmou que os funcionários que apoiam o movimento pró-democracia não seriam autorizados aos voos. A companhoa aérea informou que atenderia as demandas.

“A Cathay Pacific tem uma política de tolerância zero a respeito de atividades ilegais. Em particular, no contexto atual, existirão consequências disciplinares para os funcionários que apoiem ou participem em protestos ilegais”, afirmou a empresa.

“As consequências podem ser graves e implicar a rescisão do contrato de trabalho”, completa um comunicado.

(Com AFP)