Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Conheça os bares com as melhores cartas de cervejas de Belo Horizonte

Lista integra a 21ª edição do guia gastronômico dedicado à cidade

Por Natalia Horita, Renata Helena Rodrigues, Aline Gonçalves, Angélica Diniz, Camila Sayuri, Gustavo Prado, Luly Zonta, Mariani Campos, Rafaela Matias, Rafael Rocha 20 set 2019, 23h58

Ateliê Wäls
Conhecido pelos apreciadores de cerveja, o endereço dispõe de 21 torneiras de chope, além de vários rótulos em latas e garrafas. Exclusivas de lá, a Serra do Curral, uma triple IPA (R$ 13,90, 300 mililitros) e a George Little King, uma double IPA (R$ 13,90, 300 mililitros) fazem sucesso. Para acompanhar, o torresmo wäls vem guarnecido de geleia de limão e mandioca na manteiga (R$ 52,00, para duas pessoas). Rua Gabriela de Melo, 566, Olhos D’água. 3197-2450 (180 lugares). 18h/0h (sex. até 1h, sáb. 12h/0h30, dom. 12h/18h; fecha seg). Aberto em 2017.

Baiuca
O público lota as mesas dispostas na calçada. Enquanto beberica Heineken (R$ 14,90 a garrafa) ou chope pilsen da Backer (R$ 8,90, 300 mililitros), a clientela aproveita para petiscar a picanha com farofa de ovos e vinagrete (R$ 87,90, com 500 gramas). Aos domingos, a programação inclui oficinas de pintura e brincadeiras para as crianças e chama atenção de grupos de família. Rua Piauí, 1884, Funcionários,3225-5602 (120 lugares). 11h/0h (dom. 12h/18h; seg. até 15h). Aberto em 1997.

Brüder Butiquim BH
As seis cervejas disponíveis na casa são produzidas em fábrica própria, localizada em Ipatinga, no Vale do Aço. Servidas em garrafas de 600 mililitros, saem bem a pilsen (R$ 14,00), a american red lager (R$ 16,00) e a IPA (R$ 18,00). Para aplacar a fome, a casa oferece petiscos em porções individuais, como a isca de frango com molho de ervas (R$ 14,00). A conversa é embalada por DJ e música ao vivo, com predominância do ritmo sertanejo. Rua Pium-í, 726, Cruzeiro,99262-6470 (300 lugares). 20h/4h (qui. a partir de 18h; fecha seg. a qua. e dom.). Aberto em 2016.

Café Viena Bier (campeão da categoria 2019)

Basta observar as geladeiras abarrotadas de latas e garrafas para entender qual a vocação do lugar. A melhor carta de cervejas da cidade, segundo o júri, tem a assinatura de Wellerson Paulinelli, proprietário do negócio ao lado de sua mulher, Ingrid Chlad Paulinelli. O sommelier Guilherme Chlad Paulinelli, filho do casal, ajuda na curadoria, que soma 1 250 opções e contempla rótulos consagrados, como a russa Baltika Export (R$ 49,90, 900 mililitros) e a linha completa da grife belga Delirium (R$ 38,90 cada garrafa com 330 mililitros). A seleção, contudo, vem dando cada vez mais espaço às sugestões brasileiras, caso da Falke Villa Rica (R$ 29,90, 600 mililitros), uma dry stout mineira. Impressa em letras miúdas, a vasta carta pode ser difícil de decifrar, mas os garçons auxiliam na escolha e também indicam as novidades mais recentes. Há ainda uma oferta rotativa engatada nas nove torneiras de chope — o pilsen de marca própria (R$ 7,90, 300 mililitros) tem presença garantida. Entre um gole e outro, os clientes provam pratos e petiscos de acento germânico, caso do mix com cinco tipos de salsichão (R$ 59,90, para duas pessoas) e do eisbein à pururuca (R$ 64,90, para duas pessoas). As pedidas chegam à mesa ao lado de salada de batata, chucrute ou batata cozida, e combinam bem com a cerveja da casa, uma viena lager produzida em parceria com a Krug (R$ 18,90, 600 mililitros). Avenida do Contorno, 3968, Funcionários,3221-9555 (250 lugares). 10h/1h (sex. e sáb. até 2h; fecha dom.). Aberto em 1999.

Capapreta Tap House
A aposta do bar é o sistema em que cada cliente coloca créditos em um cartão pré-pago e se serve à vontade nas dez torneiras de chope, pagando de acordo com o volume que servem no copo. Dos bicos saem cervejas de fabricação própria, como a Tropical Blonde (R$ 3,80 a cada 100 mililitros), a Melon Collie IPA (R$ 4,00 a cada 100 mililitros) e a English Pale Ale (R$ 4,00 a cada 100 mililitros). Recheada de rabada, a coxinha (R$ 26,00, dez unidades) faz bastante sucesso na hora que bate a fome. Alameda Oscar Niemeyer, 975, Vila da Serra, Nova Lima,3517-5525 (60 lugares). 17h/0h (sáb. a partir de 12h; dom. 12h/20h; fecha seg.). Aberto em 2018.

Casa Falke
Em comemoração aos 15 anos de sua fundação, a cervejaria originária de Ribeirão das Neves (MG) inaugurou, em abril, um espaço destinado aos fãs de cerveja artesanal na capital. No endereço há quinze torneiras de chope, sendo treze destinadas a rótulos próprios da marca e duas para cervejarias convidadas. Vale provar opções como a Weiss Citrus (R$ 14,00; 300 mililitros) e a schwarzbier da Ouro Preto (R$ 12,00; 300 mililitros). Para comer, há empanadas de espinafre, gorgonzola com aipo e linguiça com queijo de Minas (R$ 9,00 cada uma). Rua Major Lopes, 623, São Pedro,2551-4300 (100 lugares). 17h/23h (sáb. e dom. a partir das 11h). Aberto em 2019.

Distribuidora Goitacazes
Pioneira na reocupação do Mercado Novo, a casa é dos mesmos donos da Cervejaria Viela. Para provar as bebidas da marca, os clientes se acomodam em precários caixotes, mas isso não os afugenta. São engarrafados 8 000 litros de bebidas por mês, várias feitas com ingredientes bem conhecidos pelo público. Um exemplo é a beterraba, que aparece na receita da Canutosa, receita leve criada pelo cervejeiro Túlio Jorge, uma american pale ale aromática e lupulada. Qualquer garrafa de 500 mililitros sai a R$ 13,00. Para comer, é possível pedir porções preparadas no bar Cozinha Tupis, que funciona logo à frente. Avenida Olegário Maciel, 742, loja 2189, centro (Mercado Novo). Não tem telefone (60 lugares). 18h/0h (sáb. a partir de 12h; dom. 12h/18h; fecha seg. a qua.) Aberto em 2018.

Growleria de Arte
A iniciativa se divide entre duas vocações: ofertar cervejas e exibir obras de arte. Além dos oito tipos de chope, há também vinte variedades em garrafa. Suave, a Piranha Lager sai a R$ 8,00 (300 mililitros). Mais encorpada, a Rainha da Montanha é uma red ale que custa R$ 10,00 (300 mililitros). A bebida também aparece em drinques, a exemplo do que mistura gim, Aperol, calda de hibisco, água tônica e colarinho de IPA (R$ 22,00). Quando a fome bater, dá para pedir o sanduíche que reúne cogumelo portobello, cebola caramelada, mussarela e mostarda de Dijon na ciabatta (R$ 25,00). Rua Sergipe, 629, Savassi,3261-2683 (100 lugares). 16h/0h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2018.

Hofbräuhaus
Grandes tanques de inox vistos de fora indicam que ali há produção cervejeira. A casa de matriz alemã exibe 21 torneiras por onde passam até 6 000 litros da bebida por mês. Três rótulos são fixos: a lager (R$ 10,90, 300 mililitros), a dunkel (escura) e a weiss (de trigo) — essas duas a R$ 11,50 cada copo de 300 mililitros. Da cozinha chega a porção de oito croquetes de costela empanados na farinha panko, vendida a R$ 42,00. Avenida do Contorno, 7613, Lourdes,3327-7613 (350 lugares). 18h/0h (sex. também almoço 12h/14h30; sáb. a partir de 12h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2015.

Continua após a publicidade

Juramento 202
Trata-se do bar da microcervejaria Viela, instalado em um imóvel dos anos 1930. Quando não há lugar no diminuto e despretensioso salão, a clientela fica em pé na calçada, invariavelmente lotada. Para embalar a conversa, os chopes que jorram de sete torneiras custam R$ 6,00 no copo de 280 mililitros e R$ 8,00 no de 350 mililitros — leve e refrescante, a opção sazonal batizada de Canutosa tem como base uma blond ale, mas parte do malte é substituída por beterraba. Para petiscar, uma porção que queijo defumado custa R$ 12,00. Rua Juramento, 202, Pompeia. Não tem telefone (28 lugares). 18h/0h (sáb. a partir de 14h; dom. 13h/20h; fecha seg.). Aberto em 2017.

Krug Bier
A ampla casa conta com duas varandas, queridinhas da clientela. De quinta a domingo, a conversa é embalada por música ao vivo. A distração fica completa ao provar os chopes de fabricação própria, como o cristal pilsen (R$ 8,00, 300 mililitros). Mais potente, a cerveja IPA Rancor deixa a geladeira por R$ 20,00 (a garrafa de 600 mililitros). Quando a fome apitar, o combo império reúne linguiça, picanha, costelinha, batata e mandioca fritas (R$ 78,00). Rua Major Lopes, 172, São Pedro,2535-1122 (400 lugares). 11h/1h (dom. 15h/22h). Aberto em 2009.

Plataforma Albanos de Cervejaria
Bar da cervejaria Albanos, serve dez estilos de chope de fabricação própria, desde o pilsen (R$ 7,90, 300 mililitros) até algumas versões com mais personalidade, caso do session IPA, do english ale e do irish dry stout (R$ 12,00, o copo de 300 mililitros de cada um). No cardápio aparecem porções como a de filé-mignon em tiras com queijo gorgonzola (R$ 58,00). Rua Pium-í, 611, Anchieta, 3281-2644 (180 lugares). 17h30/0h (sáb. a partir de 12h; dom. 12h/17h; fecha seg.); Rua Rio de Janeiro, 2076, Lourdes,3292-6221 (120 lugares). 17h30/0h (sáb. a partir de 12h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 1996.

Protótipo
Os clientes aproveitam as mesas dispostas ao ar livre para provar alguns dos mais de 100 rótulos presentes na carta de cervejas, elaborada pelos sommeliers Lucas Zacharias e Ângelo Gabriel. Um deles é a Santê, uma IPA de produção própria (R$ 29,00; 473 mililitros). Além deles, há dezoito torneiras de chope, de onde saem variedades como o pilsen (R$ 8,00, 300 mililitros). A equipe da cozinha prepara porções como a de pastel de ragu de lagarto preparado na cerveja stout com requeijão e geleia de pimenta (R$ 38,00, oito unidades). Rua Professor Galba Veloso, 206, 2º piso, Santa Tereza,3566-0396 (200 lugares). 18h/23h30 (sex. até 0h30; sáb. 16h/0h30; dom. 16h/22h30). Aberto em 2016.

Querida Jacinta
A casa agrega música, cerveja artesanal e comida esmerada. Animadas e concorridas, as noites ali são embaladas por conversas regadas por chope, saído de nove torneiras. Sete delas recebem exemplares de produtores locais e nas outras duas estão sempre engatados rótulos da casa, a exemplo da amber lager (R$ 8,00; 285 mililitros). Entre os sanduíches está o de pernil na manteiga de garrafa valorizado por queijo provolone tostado, geleia de abacaxi e maionese de salsa (R$ 28,00). Rua Grão Pará, 185, Santa Efigênia,97116-2900 (124 lugares). 11h30/14h30 e 18h/1h (sáb. 12h/1h; dom. 12h/17h; fecha seg.). Aberto em 2018.

Redentor
Instalado em uma esquina movimentada, o bar convida a tomar chope. O da Brahma pode ser claro ou escuro (R$ 8,40 cada um) e há também versões IPA, pale ale e session IPA, todos da Wäls (R$ 12,50 cada um, com 380 mililitros). Da seleção de petiscos sobressai a pancetta pururuca guarnecida por pesto de couve e farofa (R$ 38,00, para três pessoas). A programação musical inclui bossa e jazz às segundas-feiras, chorinho às terças-feiras e bossa, samba e choro às quintas-feiras, sempre das 19h às 22h. Rua Fernandes Tourinho, 500, Savassi,3284-1175 (300 lugares). 11h/0h (qua. e qui. até 1h30; sex. e sáb. até 2h); Shopping Cidade,3272-5412 (90 lugares), 10h/22h. Aberto em 2003.

Stadt Jever
De acento alemão, este pub trintão traz o rock na decoração, com quadros e pôsteres pendurados nas paredes, e na programação. No animado ambiente são servidos dez tipos de chope, como o Stadt Jever Mandarine, um IPA de fabricação própria com notas de tangerina (R$ 10,50, 300 mililitros). Também pode abastecer os brindes o drinque feito com kombucha e vodca (R$ 23,90). Para aplacar a fome, a porção de costela suína defumada chega à mesa guarnecida de batata assada e salada (R$ 67,90, para três pessoas). Avenida do Contorno, 5771, Savassi,3223-5056 (180 lugares). 18h/1h (qui. e sex. até 3h). Aberto em 1983.

Tasting Room Olec
Instalado dentro da Casa Olec, o bar reúne 22 torneiras de chope. As sugestões sempre variam — agradam bastante o público opções como a cerveja double IPA, da Koala Sun Brew (R$ 22,00; 330 mililitros), e a IPA da Capapreta (R$ 12,00; 330 mililitros). Da cozinha vem a linguiça artesanal escoltada por mandioca cozida finalizada com manteiga de garrafa (R$ 33,00). No local, há ainda uma loja que comercializa insumos e equipamentos para produção de cerveja. Rua Lavras, 380, São Pedro, ☎ 2573-1770 e 98585-1151 (40 lugares). 17h/0h (fecha dom. e seg.). Aberto em 2014.

Templo Cervejeiro Backer
Além das cervejas da Backer, o local passou a fabricar destilados, como o gim Lebbos. Ele compõe o drinque que leva ainda ginger ale, suco de limão-siciliano, xarope de açúcar e hortelã (R$ 27,00). A cerveja, porém, segue com status de estrela da casa: a oferta inclui 26 chopes, desde o tradicional pilsen (R$ 9,70, 300 mililitros) até o Reserva do Proprietário, do tipo old ale (R$ 45,00, 400 mililitros). Para comer, a cozinha prepara o joelho de porco defumado e pururucado, servido com batata, chimichurri e salada de repolho (R$ 82,00, para três pessoas). Rua Santa Rita, 220, Olhos d’Água,3288-3068 (380 lugares). 11h30/15h e 18h/0h (ter. só almoço; sex. e sáb. sem intervalo até 1h; dom. até 16h; fecha seg.). Aberto em 2014.

Uaimií
A decoração do pub inclui cadeiras estofadas e um grande balcão, e a programação privilegia música ao vivo de quinta a sábado, com foco em rock, blues e folk. As torneiras derramam os oito tipos de chope fabricados na casa, como o Capitão Burton, do estilo american pale ale (R$ 10,50, 300 mililitros), e o premiado Chico Rei, um dry stout (R$ 9,50, 300 mililitros). Da cozinha vêm pratos como a tilápia empanada na cerveja e escoltada por fritas e molho sour (R$ 38,50, para duas pessoas). Rua Grão Mogol, 1176, Sion, ☎ 3285-3435 (60 lugares). 17h/0h (sex. e sáb. 18h/1h; fecha dom. e seg.). Aberto em 2014.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês