Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

UFC: José Aldo admite estar ‘repensando aposentadoria’

Em post enigmático, lutador brasileiro disse que "coisas boas virão" após conversas com a família e apoio dos fãs

O brasileiro José Aldo pode estar desistindo da ideia de nunca mais subir no octógono. Na madrugada deste sábado, o campeão interino dos penas do UFC deixou uma mensagem enigmática em sua conta no Twitter e admitiu estar “repensando a aposentadoria”.  Sem explicar bem o motivo, Aldo fez um agradecimento especial a seus fãs russos.

Repensando na aposentadoria do MMA, conversei com minha família e vendo os pedidos dos meus fãs coisas boas virão para vocês. Thanks (obrigado, em inglês), Rússia”, escreveu. Na quinta-feira, Aldo se reuniu com o presidente do UFC Dana White e baixou o tom de suas críticas ao dirigente, mas disse ter mantido o desejo de se aposentar.

No fim de setembro, após a confirmação da luta entre o irlandês Conor McGregor (campeão linear dos penas) e o americano Eddie Alvarez no UFC 205 (campeão dos leves), em Nova York, no dia 12 de novembro, José Aldo se disse “de saco cheio” e anunciou o desejo de se aposentar.

“Desde que eu perdi eles prometeram uma coisa para mim. Vinha no meu pensamento que eu não queria nem mais lutar MMA, cheguei no meu limite”, disse, na ocasião. Nocauteado por McGregor em novembro do ano passado, Aldo jamais teve sua desejada revanche contra o irlandês aceita pelo UFC.

O treinador de Aldo, Dedé Pederneiras, revelou que  haverá uma nova reunião entre Dana White e os novos donos do UFC para que se chegue a uma decisão final sobre a situação de Aldo.