“Pedi para terem respeito por ele”, diz Thiago Braz 

Brasileiro campeão do salto com vara diz que superou desavenças com rival e que reprovou atitude da torcida que vaiou o francês

Por Leslie Leitão - Atualizado em 16 ago 2016, 23h09 - Publicado em 16 ago 2016, 22h22

Primeiro brasileiro a conquistar uma medalha de ouro no salto com vara, Thiago Braz ficou assustado durante a cerimônia de premiação, no Estádio Olímpico do Engenhão. Quando o nome do seu rival francês, Renaud Lavillenie, foi anunciado o público vaiou bastante. O medalhista de prata na competição chorou em cima do pódio. O campeão abriu os braços em sinal de reprovação. 

“Pedi para pararem ali, né?! Ele é um grande atleta e também merece respeito”, disse Thiago ao final da premiação. 

LEIA TAMBÉM:
Candomblé pode explicar ouro, sugere ‘Le Monde’
Um salto para a história: Thiago Braz, o ouro do Brasil

O campeão olímpico revelou ainda ter se encontrado com o francês nos bastidores e aparado as arestas. “Não nos falávamos há um ano e meio, também porque não vínhamos nos encontrando nas competições. Mas dei um abraço nele e está tudo bem”, revelou. 

Outro que participou do bate-papo foi o mito da modalidade do salto com vara, o ex-recordista mundial, o ucraniano Serguei Bubka. “Ficamos falando sobre a prova e ele me disse que foi esse disputa pela medalha que acabou me ajudando a saltar 6m03. Estou muito feliz”, completou Thiago, que amanhã à note volta para a Itália, onde treina.

Publicidade