Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Jogo do Barcelona tem ‘gol fantasma’ e chapéu em Messi

Clube catalão deixou o campo reclamando da arbitragem após empate em 1 a 1 com o Betis, em Sevilha. Tecnologia teria evitado erro grave

Por da redação 30 jan 2017, 09h37

O Barcelona se distanciou do topo da liga espanhola neste domingo após empate em 1 a 1 com o Betis, em Sevilha, em jogo marcado por um erro grave da arbitragem. Aos 32 minutos da segunda etapa, quando o Betis vencia com gol de Alex Alegria, o defensor Cristiano Piccini dividiu com Jordi Alba e jogou a bola contra seu próprio gol. Aissa Mandi tirou a bola, que já havia claramente ultrapassado a linha, mas a o árbitro José Hernández não validou o gol. Na origem da jogada, ainda houve pênalti em Neymar.

Clique e assista ao ‘gol fantasma’ do Barcelona

O Barcelona só chegou ao empate no Estádio Benito Villamarín com Luis Suárez, após passe de Lionel Messi, aos 45 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Real Madrid abriu quatro pontos na liderança do Campeonato Espanhol (46 a 42). O Barcelona, naturalmente, reclamou muito do erro da arbitragem. Neymar postou vídeos do lance em seu Instagram com irônicos emoticons de risadas.

  • Até mesmo o treinador Luis Enrique, que costuma não comentar sobre polêmicas de arbitragem, disse que a ajuda tecnológica é uma necessidade urgente. “Eu vi a foto (do gol). A tecnologia pode ajudar, eu já disse isso. Está claro que os árbitros precisam de ajuda.” A liga espanhola é a única das grandes da Europa a não utilizar a tecnologia “goal line”, que define de a bola ultrapassou ou não a linha de gol. Fosse na Itália, na Alemanha, na Inglaterra ou na França, o gol do Barcelona teria sido validado.

    O jogo em Sevilha também foi marcado por um lance inusitado. Messi, tão acostumado a superar os rivais com belos dribles, desta vez foi vítima de um belo chapéu do brasileiro Petros, volante com passagem pelo Corinthians. Assista:

    Continua após a publicidade
    Publicidade