Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cuca planeja ‘estágio’ na Itália em 2017

Treinador do Palmeiras vem despistando sobre sua renovação e revelou à jornal italiano que pretende estudar na Europa no ano que vem

Muito perto de conquistar seu primeiro título do Brasileirão pelo Palmeiras, o técnico Cuca planeja viajar à Itália em 2017 para fazer um “estágio” com os treinadores do país. Em entrevista à seção Extra Time do jornal La Gazzetta Dello Sport, o treinador paranaense e de raízes italianas revelou seu desejo de estudar na Itália desde que deixou o futebol chinês, no início deste ano.

“É um dos meus planos para 2017. Quero fazer uma viagem à Europa para aprender com os melhores treinadores. Queria ter feito isso após minha passagem pela China, mas não houve tempo. Tenho acompanhado o trabalho de [Maurizio] Sarri, que teve uma grande passagem pelo Empoli e agora está no Napoli. Gostaria de observar de perto o trabalho dos treinadores italianos.”

Na entrevista, Cuca contou que sua família é de Treviso, na Itália, e que ele morou em um bairro de italianos em Curitiba, o que lhe deu certo conhecimento da língua estrangeira. O treinador de 53 anos tem contrato com o Palmeiras até o final deste ano e tem se esquivado de perguntas sobre renovação.

“Nós vamos guardar toda a energia para ser campeão”, disse o técnico ao ser questionado sobre o assunto após a vitória por 1 a 0 contra o Botafogo, no domingo. O Palmeiras precisa apenas de um empate contra a Chapecoense no próximo domingo, no Allianz Parque, para encerrar um jejum de 22 anos sem o título do Brasileirão.

Gabriel Jesus se emocionou ao marcar diante do Atlético-MG, em BH (Tomas Cintra/Estadão Conteúdo)

Gabriel Jesus – Ao jornal italiano, Cuca também comentou sobre suas expectativas para o futuro do atacante Gabriel Jesus, que deixará o Palmeiras ao fim do campeonato para defender o Manchester City.  “Ele não é maduro para a Inglaterra, mas é titular da seleção e será importantíssimo e titular do City. Não se pode pensar que um jogador de 19 anos está no seu auge, ele melhorará uns 30% ou 40%. Eu creio que o campo e a experiência lhe trarão maturidade. Ele conquistará isso, não obterá por meio do Cuca ou do Guardiola”, opinou, citando o treinador espanhol do City.

“Na Inglaterra o futebol é mais tático, então ele aprenderá muitas coisas e se firmará como um dos dez maiores jogadores do mundo. Ele é um jovem com grande capacidade técnica, força e velocidade. Ainda destaco uma característica: ele gosta do contato físico e utiliza isso de forma muito hábil”, concluiu Cuca.