Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Oscar 2018: Relembre, resenha a resenha, os principais indicados

Com apresentação de Jimmy Kimmel, premiação acontece neste domingo no Teatro Dolby, em Los Angeles

A cerimônia de entrega das estatuetas do Oscar acontece neste domingo, a partir das 22 horas no horário de Brasília. A 90ª edição da festa será transmitida diretamente do Teatro Dolby em Los Angeles, com a apresentação de Jimmy Kimmel. Para esquentar o clima da premiação e ajudá-lo a participar do bolão da firma, VEJA reúne aqui as resenhas dos principais indicados assinados pela crítica Isabela Boscov. Acompanhe a cobertura do Oscar ao vivo na Veja.com.

A Forma da Água

Sally Hawkins como Elisa, em ‘A Forma da Água’

Sally Hawkins como Elisa, em ‘A Forma da Água’ (IMDb/Reprodução)

Ganhador nas categorias de melhor diretor e melhor trilha-sonora no Globo de Ouro, o novo filme de Guilhermo del Toro lidera as indicações ao Oscar, concorrendo a treze estatuetas, incluindo as de melhor filme, direção, atriz e roteiro original.

A trama, que se passa nos anos 1960, narra a história de Elisa (Sally Hawkins), a zeladora muda de um laboratório secreto, que se apaixona por uma criatura aquática mantida em cativeiro no local. Para resgatar o amado, a mulher monta um plano arriscado com a ajuda da colega de trabalho vivida por Octavia Spencer e do amigo interpretado por Richard Jenkins

Veja também

 

Corra!

Cena do filme ‘Corra!’

Cena do filme ‘Corra!’ (Reprodução/Divulgação)

Depois de estrear em maio no Brasil, o thriller psicológico de Jordan Peele seguiu entre os favoritos de 2017 e recebeu quatro indicações ao Oscar, entre elas a de melhor filme. Apesar do sucesso de crítica, o longa não levou nenhuma estatueta no Globo de Ouro e no Bafta, considerado o Oscar do cinema britânico.

A produção conta a história do jovem negro vivido por Daniel Kaluuya, que sai em viagem para conhecer a família da namorada branca, interpretada por Allison Williams. Ao longo da estadia, ele percebe que há elementos perturbadores entre os integrantes da família. 

Veja também

O Destino de uma Nação

Gary Oldman como Winston Churchill em 'O Destino de uma Nação' Gary Oldman como Winston Churchill em ‘O Destino de uma Nação’

Gary Oldman como Winston Churchill em ‘O Destino de uma Nação’ (Reprodução/Divulgação)

Estrelado por Gary Oldman (ganhador do Globo de Ouro de melhor ator de filme de drama), o longa dirigido por Joe Wright mostra o cenário em que Winston Churchill assumiu o cargo de primeiro ministro da Grã-Bretanha ao mesmo tempo em que se negociava um acordo com a Alemanha nazista. 

A produção está concorre em seis categorias ao Oscar, incluindo as de melhor filme, ator e fotografia.

Dunkirk

Top 20/2017 Cena do filme ‘Dunkirk’

Cena do filme ‘Dunkirk’ (Warner/Divulgação)

Escrito e dirigido por Christopher Nolan, o longa conta a história baseada em fatos reais de soldados belgas, britânicos e  franceses que ficaram cercados pelo Exército alemão em uma praia de Dunquerque, na França. A produção recebeu oito indicações ao Oscar, incluindo a de melhor filme. Nolan ainda foi indicado pela primeira vez ao prêmio da Academia.

Veja também

Lady Bird: É Hora de Voar

Cena do filme ‘Lady Bird: É Hora de Voar’

Cena do filme ‘Lady Bird: É Hora de Voar’ (Reprodução/Divulgação)

A estreia de Greta Gerwig na direção rendeu um filme sobre o amadurecimento de uma menina californiana de 17 anos. Essa espécie de romance de formação acompanha Lady Bird, a personagem-título, em seu último ano do ensino médio. O longa recebeu cinco indicações ao Oscar. Além disso, a produção foi ganhadora de dois Globos de Ouro, incluindo o de melhor filme de comédia ou musical. A protagonista, Saoirse Ronan disputa a estatueta de melhor atriz.

Me Chame pelo Seu Nome

Os atores Armie Hammer e Timothée Chalamet em cena do filme ‘Me Chame Pelo Seu Nome’

Os atores Armie Hammer e Timothée Chalamet em cena do filme ‘Me Chame Pelo Seu Nome’ (//Divulgação)

Com produção do brasileiro Rodrigo Teixeira, Me Chame Pelo Seu Nome conta a história do romance entre um menino de 17 anos (Timothée Chalamete o pesquisador-assistente de seu pai (Armie Hammerdurante o verão italiano de 1983. Adaptação do livro homônimo de André Aciman, o longa de Luca Guadagnino recebeu quatro indicações.

The Post: A Guerra Secreta

Cena do filme ‘The Post: A Guerra Secreta’

Cena do filme ‘The Post: A Guerra Secreta’ (//Divulgação)

O filme de Steven Spielberg narra o episódio real de uma equipe de jornalistas do Washington Post que expôs segredos do governo americano sobre a Guerra do Vietnã. Meryl Streep interpreta Katharine Graham, a primeira mulher americana a coordenar um grande jornal. O longa concorre em duas categorias no Oscar, incluindo o de melhor atriz.

Trama Fantasma

Trama Fantasma Cena do filme ‘Trama Fantasma’

Cena do filme ‘Trama Fantasma’ (Universal/Divulgação)

O filme de Paul Thomas Anderson pode ser a despedida de Daniel Day-Lewis do cinema. O ator, que já anunciou sua aposentadoria, interpreta um egocêntrico estilista dos anos 1950, que encontra na jovem garçonete Alma (Vicky Krieps) uma nova musa inspiradora. A relação tortuosa do casal concorre a cinco categorias, incluindo as melhor filme, ator e atriz coadjuvante.

Veja também

Três Anúncios para um Crime

Três Anúncios para um Crime Cena do filme “Três Anúncios para um Crime”

Cena do filme “Três Anúncios para um Crime” (Fox/Divulgação)

Frances McDormand vive a protagonista do longa de Martin McDonagh, que se passa em uma pequena cidade no Missouri, chamada Ebbing. O longa traz uma mãe em busca de justiça, após a filha ser estuprada e morta. Ganhador de melhor filme de drama no Globo de Ouro, o longa concorre a sete categorias no Oscar.

Eu, Tonya

Eu, Tonya Cena do filme “Eu, Tonya”

Cena do filme “Eu, Tonya” (Califórnia/Divulgação)

A história real da vida da patinadora americana Tonya Harding foi adaptada para o longa estrelado por Margot Robbie, que concorre ao Oscar de melhor atriz. Fora da categoria de melhor filme, a produção está na disputa por outras duas estatuetas: melhor atriz coadjuvante (Allison Janney) e melhor montagem. 

Veja também

Mudbound: Lágrimas sobre o Mississippi

Mudbound - Lágrimas Sobre o Mississippi Cena do filme “Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississippi”

Cena do filme “Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississippi” (Diamond/Divulgação)

Depois de se casar com Henry McAllan (Jason Clarke), a tímida Laura (Carey Mulliganse muda com a família para uma fazenda no Mississippi. No local, os McAllan criam uma relação eivada de conflitos com os Jackson, uma família negra, responsável pelo plantio da terra. A adaptação do romance de mesmo nome da americana Hillary Jordan concorre em quatro categorias no Oscar.

Todo Dinheiro no Mundo

Todo o Dinheiro do Mundo Cena do filme “Todo o Dinheiro do Mundo”

Cena do filme “Todo o Dinheiro do Mundo” (Diamond/Divulgação)

Após ter o neto favorito sequestrado, o magnata do petróleo J. Paul Getty dá início a uma longa investigação para evitar qualquer pagamento aos criminosos. Getty foi primeiramente representado por Kevin Spacey na produção. Após acusações de assédio sexual, porém, o ator teve a suas cenas apagadas e foi substituído por Christopher Plummer. A mudança no longa de Ridley Scott ainda garantiu a Plummer a única indicação do filme ao Oscar, na categoria de ator coadjuvante.

Logan

Hugh Jackman e Patrick Stewart no filme ‘Logan’

Hugh Jackman e Patrick Stewart no filme ‘Logan’ (Reprodução/)

A única indicação de Logan no Oscar, como melhor roteiro adaptado, quebrou recorde, por tornar Wolverine o primeiro quadrinho de super-herói a ser indicado na categoria. No longa, o protagonista vivido por Hugh Jackman se vê na missão de proteger a pequena Laura Kinney (Dafne Keen), conhecida como X-23. A trama se passa em um futuro próximo, momento em que os novos mutantes estão sendo transformados em verdadeiros assassinos. 

Veja também

O Artista do Desastre

Artista do Desastre Cena do filme “Artista do Desastre”

Cena do filme “Artista do Desastre” (Warner/Divulgação)

Protagonizado e dirigido por James Franco, o longa conta a história da produção de The Room, considerado um dos piores filmes já feitos em Hollywood. O filme é uma adaptação do livro de mesmo nome escrito pelo ator Greg Sestero e Tom Bissell em 2013 e concorre na categoria de melhor roteiro adaptado.