Clique e assine a partir de 8,90/mês

Três reconciliações da música pop para inspirar Anitta e Ludmilla

A desavença entre as cantoras brasileiras, provocada por uma disputa pela canção 'Onda Diferente', pode ser solucionada: como provam celebridades gringas

Por Raquel Carneiro, Eduardo F. Filho - 31 out 2019, 16h07

Antes amigas, agora rivais: Anitta e Ludmilla são as protagonistas de uma inesperada e recente discórdia da música pop brasileira. A história começou quando Ludmilla descobriu que Anitta assinou como compositora a canção Onda Diferente — a faixa foi escrita por Ludmilla, Anitta porém deu uma mãozinha para fazer a canção decolar, graças à sua fama e também ao cacife para trazer um nome gringo, o rapper Snoopy Dogg, para uma colaboração. Entre trocas de farpas públicas e discussões pelo WhatsApp, a amizade chegou ao fim.

Tanto que, no Prêmio Multishow, que ocorreu na terça-feira, 29, a produção fez todo um esquema para as duas não se encontrarem no palco ou fora dele. Onda Diferente ganhou o prêmio de música chiclete do ano e Ludmilla subiu ao palco sozinha. Os fãs de Anitta não deixaram por menos e Ludmilla agradeceu o troféu em meio a vaias.

As brigas no mundo pop não são incomuns. Como provou, recentemente, Taylor Swift e Katy Perry. Abaixo, confira uma lista com três brigas bombásticas, mas que tiveram um final feliz — pelo menos por enquanto — para inspirar Anitta e Ludmilla a retomarem a parceria.

 

Paul McCartney e Yoko Ono

Paul McCartney e Yoko Ono

A treta: Yoko Ono é acusada pelos fãs dos Beatles de poluir o ambiente da banda, com palpites sobre as canções e até uma insistência de seu marido, John Lennon, de transformar o grupo num quinteto. A briga se estendeu após a morte de Lennon, em 1980. Entre outros absurdos, ela declarou que o marido era o verdadeiro gênio dos Beatles e McCartney apenas agendava o estúdio.

Como terminou: Nos últimos tempos, Paul McCartney disse que está tudo bem entre ele e Yoko. Numa entrevista para a Rolling Stone, em 2013, declarou que era natural que um amigo como Lennon se apaixonasse por uma pessoa tão especial como Yoko. Está tudo na paz — pelo menos até uma nova negociação envolvendo os Beatles e seus herdeiros.

Continua após a publicidade

Taylor Swift e Katy Perry

Taylor Swift e Katy Perry se reconciliando no clipe de "You Need to Calm Down"

A treta: Tanto Taylor quanto Katy foram namoradas de John Mayer, mas a briga das duas, dizem, foi estritamente profissional. Taylor acusou Katy de tentar destruir sua turnê ao contratar três dançarinos de seu grupo. Do outro lado, os dançarinos afirmam que desde o começo foi combinado que eles sairiam do giro de Taylor, pois, na verdade, são dançarinos fixos de Katy e estavam ali só esperando a patroa chamar novamente. As indiretas, mais do que diretas, começaram em 2013 e continuaram até maio de 2018. Em seu ápice, em 2014, Taylor lançou o clipe de Bad Blood, uma farpa direcionada à Katy que diz: “Você me atingiu onde mais doía”. Aiai…

Como terminou: Quando Taylor começou a turnê de Reputation, Katy lhe enviou um ramo de oliveira com uma carta que dizia “Ei, velha amiga, eu realmente queria esclarecer tudo”. Em junho deste ano, ambas marcaram um jantar e Katy publicou uma foto de um prato cheio de cookies escrito: “Enfim, paz”. Para selar a reconciliação, Taylor abraça Katy ao fim do clipe da música You Need to Calm Down, lançado este ano.


Madonna e Lady Gaga

Após acusações de plágio, Madonna e Lady Gaga posam juntas para fotos

A treta: As duas divas do pop frequentemente são acusadas por seus respectivos fãs-clubes de copiar uma a outra. A música Born This Way, lançada em 2011 por Gaga, foi apontada pelos fãs da veterana como um plágio da ideia de Express Yourself, hit dos anos 80 de Madonna que fala sobre aceitação. Daí em diante foi um toma lá, da cá de ambas. Madonna colocou fogo na polêmica ao publicar um vídeo reafirmando a rixa: “Ela não sou eu”, disse, enfática. Na mesma linha, Gaga afirmou em seu documentário que não entendia o posicionamento de Madonna, que não a olhava nos olhos. Madonna respondeu dizendo que Gaga era “simplista”.

Como terminou: A briga parece que finalmente teve um final feliz no começo deste ano. Após ganhar o Oscar de melhor canção por Shallow, Gaga compareceu à famosa festa oferecida por Madonna em Los Angeles na noite da cerimônia. As duas foram fotografadas juntas, sorrindo ao lado da estatueta. Madonna comentou em uma publicação nas redes sociais, ao lado da nova amiga: “Não mexa com garotas italianas”. Quase uma máfia do pop.

Continua após a publicidade
Publicidade