Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Quem são os patrocinadores que já fecharam com o SBT na Copa América

Duas cotas de patrocínio já foram vendidas e outras quatro estão sendo oferecidas no mercado para a publicidade nas transmissões do evento no país

Por Felipe Branco Cruz 1 jun 2021, 17h34

Nos bastidores do mercado publicitário, a notícia de que a Copa América deste ano será realizada no Brasil fez as atenções se voltarem para o SBT. No ano passado, a emissora de Silvio Santos se aproveitou da briga do Conmebol com a Globo para adquirir os direitos de transmissão da Libertadores – e a Copa América também veio no pacote. Agora, com a súbita mudança de sede do evento para o país, o trunfo do SBT tende a se tornar mais atraente, embora possa também se revelar um mico se a pandemia provocar o cancelamento do torneio, claro. A rede paulista colocou à venda seis cotas de patrocínio, sendo que duas delas já foram negociadas por quantias entre 12 e 15 milhões de reais (o preço de tabela era 80 milhões cada), valores bem menores do que os cobrados pela Globo no passado.

As empresas que compraram as cotas, até o momento, foram o aplicativo chinês de compartilhamento de vídeos curtos Kwai (rede social chinesa que é concorrente do TikTok) e o site de apostas online Betfair, segundo fontes do setor ouvidas por VEJA.

Mesmo com o anúncio da realização dos jogos no Brasil, não há até o momento garantias de que o torneio vá mesmo ocorrer nesta data ou se será adiado, devido à pandemia também estar descontrolada no país. O presidente Jair Bolsonaro ratificou a decisão da Conmebol e disse que, se depender dele, a Copa América vai mesmo acontecer por aqui.

Enquanto isso, seis seleções já foram vacinadas e também alguns árbitros. O Brasil não está incluído nesta lista. De acordo com a proposta do SBT feita à Conmebol, a maioria dos jogos serão transmitidos via pay per view, porém a emissora paulista deverá exibir as partidas da seleção brasileira e também a final na TV aberta.

Continua após a publicidade
Publicidade