Clique e assine com até 92% de desconto

Quadro de Van Gogh é roubado de museu durante quarentena

'Spring Garden' desapareceu do Singer Laren, na Holanda, na madrugada desta segunda-feira

Por Tamara Nassif 30 mar 2020, 18h59

O quadro Spring Garden, de Van Gogh, foi roubado do museu Singer Laren, na Holanda, durante a madrugada desta segunda-feira, 30. A instituição estava fechada desde o dia 12 de março por causa da pandemia do coronavírus.

Os ladrões forçaram as portas de entrada do prédio e roubaram o quadro, de valor estimado em 5 milhões de libras esterlinas (aproximadamente 32,3 milhões de reais), perto das 3h15 da manhã, no horário local. A polícia chegou ao museu pouco tempo depois do alarme ter sido disparado, mas os invasores já haviam fugido.

Em uma coletiva de imprensa, o diretor do Singer Laren, Jan Rudolph de Lorm, disse que estava “extremamente irritado” pela perda do quadro, roubado no aniversário de 167 anos de Van Gogh e emprestado pelo Museu de Groninger. “Um belo e comovente quadro de um de nossos maiores artistas foi roubado de nossa comunidade e deve ser devolvido o mais rápido possível, para que possamos apreciar sua beleza novamente”, disse de Lorm.

O Museu de Groninger se pronunciou sobre a perda do quadro: “Esse trabalho de 1884 era a única pintura de Van Gogh na nossa galeria. Estamos profundamente chocados com a notícia. A investigação agora está à todo vapor e nada mais pode ser dito sobre ela por causa do trabalho da polícia.”

A pintura, originalmente chamada de The Parsonage Garden at Nuenen in Spring, foi adicionada à lista internacional de obras de arte roubadas da Interpol. A polícia diz que especialistas em roubo de pinturas do departamento de investigação criminal holandês foram convocados para colaborar à investigação e, segundo um porta-voz do Singer Laren, as medidas de segurança do museu foram “inteiramente seguidas de acordo com o protocolo”.

 

  •  

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade