Clique e assine a partir de 9,90/mês

Cláudia Rodrigues negociou vida da filha com assaltantes

"Eu tirei a máscara e pedi, 'Me mata, mas deixem ela, porque ela tem uma vida pela frente'", contou atriz em entrevista à Rede Record

Por Da redação - Atualizado em 6 set 2017, 16h47 - Publicado em 25 jul 2016, 16h59

Cláudia Rodrigues descreveu na TV os momentos de horror que passou na mãos de assaltantes em Curitiba (PR), na última sexta-feira. De acordo com a atriz, os bandidos ameaçaram matar sua filha, Isa Hieatt, que estava junto com ela no momento do assalto. A atriz, que protagonizou o extinto seriado A Diarista, na Globo, estava de passagem pela capital paranaense, e quebrou o pé na ocasião.

LEIA TAMBÉM:
Claudia Rodrigues sofre assalto e tem o pé quebrado
“Para mim, foi um golpe”, diz Claudia Rodrigues sobre demissão da Globo
Claudia Rodrigues fala sobre células-tronco: ‘Entreguei para Deus’

“Eu tirei a máscara e pedi, ‘Pelo amor de Deus, me mata, mas deixem ela, porque ela tem uma vida pela frente, não pode morrer agora'”, disse Cláudia, em entrevista ao Domingo Espetacular, da Record. A atriz está em recuperação de um transplante de células-tronco, realizado para tratar esclerose múltipla.

Cláudia Rodrigues já havia relatado o crime em seu canal do YouTube. “Vim aqui dar uma notícia triste. Eu, minha filha Isa e minha empresária Adriane fomos assaltadas num bairro nobre de Curitiba por dois homens armados. Com muita violência, tiraram a gente do carro e quebraram o meu pé. Por conta disso, vou ficar dois meses sem colocar os pés no chão.”

Claudia também ressaltou que o trauma trará consequências para sua agenda profissional. “Em outubro, eu ia estrear o programa Cara a Cara com Claudia Rodrigues. Passou para o ano que vem”, disse, sobre atração programada para o YouTube.

Continua após a publicidade
Publicidade