Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

“Para mim, foi um golpe”, diz Claudia Rodrigues sobre demissão da Globo

Atriz gravou entrevista para o 'Programa do Raul Gil', no SBT, antes de passar por um transplante de células-tronco para tratar a esclerose múltipla

A atriz Claudia Rodrigues assumiu que sua demissão da TV Globo, em abril do ano passado, foi um “golpe” para ela e que ficou decepcionada com a atitude da emissora. A comediante, que foi diagnosticada com esclerose múltipla em 2000 e admitiu a doença em 2006, foi dispensada pela empresa após mais de dois anos fora do ar.

“Da Globo não tenho o que falar, sempre foi ótima para mim, mas eu fiquei decepcionada, pois eu ia fazer vinte anos de trabalho na emissora e me demitiram. Para mim foi um golpe”, disse Claudia durante participação no Programa Raul Gil, que vai ao ar neste sábado no SBT.

Leia também:

Claudia Rodrigues fala sobre transplante de células-tronco: ‘Entreguei para Deus’

Cláudia Rodrigues desabafa sobre esclerose múltipla em programa de televisão

A entrevista com a atriz foi feita antes de ela ser submetida a um transplante de células-tronco – ela falou sobre o tratamento recentemente em outro programa de televisão, o Domingo Show, da TV Record. Na atração, ela disse que se preparou durante quatro meses para o procedimento e que precisou raspar o cabelo durante o processo.

Ainda no programa comandado por Raul Gil, Claudia comentou o episódio em que sofreu uma forte depressão e pensou em cometer suicídio. “Eu moro no vigésimo andar e pensei: ‘Vou me jogar!’. Aí liguei para minha empresária e amiga e falei que não estava bem, que estava tudo errado. Você tem um programa de audiência, no horário nobre e aí nada acontece”, disse. “A gente não tem o direito de tirar a vida. Se alguém pensa nisso pode sentar, chorar e pedir perdão para Deus”.