Clique e assine a partir de 8,90/mês

‘007 – Sem Tempo Para Morrer’ é adiado para abril de 2021

Longa de James Bond engrossa lista de superproduções que abandonaram 2020 por causa da pandemia - e com receio da baixa bilheteria

Por Tamara Nassif - 2 out 2020, 18h07

O novo filme do agente secreto James Bond, 007 – Sem Tempo Para Morrer, foi adiado mais uma vez por causa da pandemia do coronavírus. Remarcada de abril para novembro deste ano, o 25º episódio da franquia teve sua estreia transferida novamente de data, agora para 2 de abril de 2021, com o objetivo de ser visto por um público mais amplo.

“Nós entendemos que o adiamento será decepcionante para nossos fãs, mas nós estamos empolgados para exibir Sem Tempo Para Morrer no ano que vem”, disse os estúdios MGM e Universal em comunicado divulgado nesta sexta-feira, 2.

No começo deste ano, o longa foi o primeiro blockbuster de Hollywood a se tornar vítima da crise do coronavírus, quando sua estreia original em abril foi empurrada para novembro. Sem Tempo Para Morrer, o último com Daniel Craig como protagonista, acompanha um Bond retirado de seu sossego na Jamaica para resgatar um cientista sequestrado. Além de Craig, o filme também é estrelado por Lea Seydoux, Ralph Fiennes, Ana de Armas e Rami Malek, e tem uma música especial composta por Billie Eilish em sua trilha sonora.

A mudança de agenda vem na esteira de outros blockbusters que, temendo baixa bilheteria, optaram por transferir suas estreias para o ano que vem. Exemplo disso é Viúva Negra, remanejado de novembro de 2020 para maio de 2021. Mulher-Maravilha 1984, após várias mudanças, segue marcado para o Natal deste ano.

Continua após a publicidade
Publicidade