Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Tela Plana

Por Kelly Miyashiro Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

Globo apela a Sandy & Junior para tapar buraco em sua grade aos domingos

Com cansaço das reprises de filmes, falta de futebol e perda de estrelas como Faustão no horizonte, emissora sofre para salvar ibope nos fins de semana

Por Eduardo F. Filho Atualizado em 14 abr 2021, 11h17 - Publicado em 14 abr 2021, 11h07

A pandemia da Covid-19 obrigou todas as emissoras abertas do país a mudar sua grade de programação. No começo, as gravações de folhetins foram suspensas, os programas de auditório cancelados, expandiu-se ao limite da exaustão o tempo do jornalismo, e compactos de novelas antigas foram preparados às pressas para serem exibidos. Até certa altura do ano passado, acreditava-se que a pandemia no Brasil daria sinais de melhora já no começo de 2021. Mas essa aposta, evidentemente, era furada. E um pedaço da programação, em especial, já se revela em estado crítico: a Globo sofre cada vez mais para tapar buracos nos finais de semana.

Se durante a semana ela consegue ser fiel à sua grade com o jornalismo pontual, misturado com o entretenimento das novelas, aos sábados e domingos a conjunção é outra. Até o final deste ano, a situação pode se intensificar ainda mais, com a possível saída de dois dos principais apresentadores da casa nos finais de semana – grandes âncoras da audiência em seus respectivos dias de exibição. Luciano Huck, que ensaia nos bastidores uma indecisa entrada na política, e Fausto Silva, que se aposentará no final do ano.

ALERTA - Huck: aproximação do DEM a Bolsonaro torna filiação mais difícil -
ALERTA - Huck: aproximação do DEM a Bolsonaro torna filiação mais difícil – (Antonio Milena/VEJA)

Desde outubro do ano passado, com o começo de Simples Assim, programa no estilo “gratidão” de Angélica, que amargava 9 pontos de audiência na faixa das 15h, a Globo tem patinado para colocar nas tardes de sábado um programa de boa qualidade e que agrade ao público tanto quanto o tradicional Caldeirão do Huck, que nas últimas semanas entregou uma média robusta de 13 pontos na audiência. Atualmente, o tedioso programa Se Joga, uma imitação em timing errado do extinto Vídeo Show, ocupa a mesma faixa horária, e tem tido um desempenho mediano como o de sua antecessora, entregando os mesmos 9 pontos de audiência.

Continua após a publicidade

No domingo, a situação é parecida, se não pior. O buraco da grade foi tapado de janeiro até o último dia 4 de abril com a exibição do inédito The Voice+, programa de música com competidores acima dos 60 anos. Em sua estreia, a produção chegou a alcançar 13 pontos de ibope – número que se manteve no decorrer da exibição e é superior aos 10 pontos que a sessão Temperatura Máxima vem alcançando. Nos dois, entretanto, as domingueiras da Globo se ressentem mesmo é da escassez das transmissões de futebol, altamente prejudicadas pela pandemia e que costumam render acima de 18 pontos em média.

Desde que o futebol foi suspenso, a Globo decidiu colocar filmes na mesma faixa, o Campeões de Bilheteria. Mas, com o fim do The Voice+, a emissora não podia colocar três faixas da grade seguidas exibindo filmes, muito menos um programa novo (as gravações permanecem suspensas com o acirramento da Covid-19).

Os jurados durante o 'The Voice +' -
Os jurados durante o ‘The Voice +’ – (TV Globo/Divulgação)

Diante da situação periclitante, a emissora decidiu apelar à dupla que mais quebrou recordes de audiências em seus programas em 2019 e gerou milhões de reais em faturamento lotando estádios ao redor do Brasil no mesmo ano: Sandy & Junior. Desde o final de semana passado, e pelos próximos sete domingos, a cratera nas tardes pré-Faustão será tapada pela série documental original da dupla feita pelo Globoplay, que está disponível no streaming desde o longínquo julho de 2020.

Na primeira semana, a jogada da Globo deu certo. O primeiro episódio da série conquistou o público do The Voice+ e angariou a mesma média de seu antecessor – 13 pontos. Boa parte desse desempenho pode ser atribuída, também, à fraca grade que as emissoras rivais apresentam. No SBT, por exemplo, o programa Domingo Legal, de Celso Portiolli, conquistou 8 pontos de audiência com a participação de Marília Mendonça, e a Record empacou nos 5 pontos com Tá Dando Onda 2, no Cine Maior.

Pelo menos pelas próximas semanas, enfim, a Globo aparentemente poderá respirar aliviada nas domingueiras com a forcinha de Sandy & Junior. Porém, com a pandemia ainda em alta e a possibilidade de perder seus âncoras tão concreta no horizonte, a operação tapa-buraco ainda parece longe do fim.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.