Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Tela Plana Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Kelly Miyashiro
Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming
Continua após publicidade

A resposta sincerona de Galvão Bueno a críticas de Nelson Piquet

Narrador falou sobre sua carreira para o podcast Flow e opinou sobre a relação conturbada com o tricampeão do automobilismo

Por Amanda Capuano
31 Maio 2023, 15h37

O narrador Galvão Bueno esteve no podcast Flow nesta terça-feira, 30, e não poupou palavras para rebater as críticas do piloto Nelson Piquet, com quem teve uma relação conturbada ao longo dos anos. “O Piquet não liga o cérebro. Ele aciona a boca. Esse que é o problema dele. Nas pistas, um gênio. Mas fora delas, às vezes falta um pouco de educação com as pessoas. Comigo eu tô pouco me lixando”, disparou Galvão.

Embora Galvão tenha narrado diversas conquistas de Piquet, a relação dos dois não é das mais amigáveis. Ao longo dos anos, o piloto teceu diversas críticas a Galvão, e chegou a dizer que ele “não entende p*** nenhuma de automobilismo”. O tricampeão ainda alfinetou o narrador durante um vídeo para Reginaldo Leme, que comanda a transmissão da Fórmula 1 na Band. “Como é que você conseguiu trabalhar tantos anos com aquela besta do Galvão Bueno?”, questionou na ocasião.

O narrador relembrava grandes momentos de sua carreira quando o assunto surgiu, ao citar o bicampeonato de Piquet em 1983, quando deu voz ao título do automobilista. “Eu chorei quando narrei o bicampeonato do Nelson Piquet na África do Sul. Foi o primeiro de Fórmula 1 que eu narrei. E ele me xinga pra caramba. Problema dele”, disse ele.

O narrador também aproveitou a entrevista para opinar sobre o documentário do Globoplay dedicado a ele. Ponderado, ele elogiou a produção e se disse honrado com o retrato traçado pela emissora, mas não deixou de apontar certo “exagero” em algumas passagens. “A ideia era não ser chapa branca, mostrar também minhas explosões, que sou ser humano, mas talvez tenham exagerado um pouquinho, mas tudo bem. Para mim foi uma honra.”, disse ele complementando: É que o quarto episódio parece que sou meio monstro mesmo”.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.