Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Rio Grande do Sul

Por Veja correspondentes Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens gaúchos. Por Paula Sperb, de Porto Alegre
Continua após publicidade

Com cenário pulverizado, debate gaúcho foge de polarização entre MDB e PT

Encontro fugiu de confronto tradicional entre petistas e emedebistas; críticas foram concentradas no tucano Eduardo Leite, ex-prefeito de Pelotas

Por Paula Sperb
Atualizado em 17 ago 2018, 02h27 - Publicado em 17 ago 2018, 01h56

Embora concorra à reeleição, o governador José Ivo Sartori (MDB) não foi o alvo de ataques concentrados por parte dos adversários no primeiro debate na televisão entre os candidatos gaúchos, na noite desta quinta-feira, 16, na Band. Tampouco o ex-ministro do Desenvolvimento Agrário Miguel Rossetto (PT) teve que defender o partido de seu desgaste em nível nacional. Ao contrário de eleições passadas, MDB e PT não roubaram a cena com a sua tradicional polarização no estado.

As críticas mais incisivas foram entre Eduardo Leite (PSDB), ex-prefeito de Pelotas, e Jairo Jorge (PDT), ex-prefeito de Canoas. Em um cenário eleitoral embaralhado, tanto um como o outro podem ir ao segundo turno enfrentar Sartori, apontam pesquisas. Rossetto também aparece tecnicamente empatado com os dois.

Com porcentuais tímidos nas pesquisas, Mateus Bandeira (Novo) tentou desgastar Leite e evitou criticar o atual governador. Bandeira chegou a sacar do bolso sua carteira de trabalho para contrapor o tucano que, segundo ele, nunca teria trabalhado na iniciativa privada. Diferentemente de outros debates da Band pelo país, o Novo foi convidado a participar do debate em Porto Alegre. Também respingaram no candidato do PSDB críticas de Roberto Robaina (PSOL), que o associaram ao senador Aécio Neves (PSDB) e ao prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr. (PSDB). “Eu posso ser comparado comigo mesmo”, respondeu o tucano.

A oposição a Sartori ficou a cargo principalmente de Rossetto e Robaina. Até porque, PSDB e PDT integraram até pouco tempo a atual gestão. O emedebista usou o tempo para defender as ações de seu governo, incluindo o parcelamento de salários dos funcionários que, de acordo com ele, exige “coragem”. Sartori também defendeu suas ações na segurança pública, destacando a recente aprovação da lei de incentivo fiscal à segurança.

Continua após a publicidade

Rossetto retrucou dizendo que chamar de coragem o parcelamento dos salários dos servidores é uma “omissão inaceitável” e que o governador “vive numa ilha da fantasia”. Robaina, por sua vez, tentou desgastar Sartori ligando o governador ao presidente Michel Temer (MDB) e ao ministro Eliseu Padilha (MDB). Nos bastidores, porém, a relação entre Robaina e Sartori foi amigável.

Candidatos

Abaixo, veja entrevistas com os candidatos, publicadas em ordem alfabética e com fotos de arquivo escolhidas pelas assessorias. José Ivo Sartori (MDB), que optou por não falar antes de confirmar seu nome na convenção do partido.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.