Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Senador quer obrigar planos de saúde a pagar tratamento fora do rol da ANS

Projeto de lei foi apresentado em resposta a julgamento do STJ, nesta quarta-feira

Por Gustavo Maia Atualizado em 9 jun 2022, 08h06 - Publicado em 9 jun 2022, 09h30

Em resposta à decisão da Segunda Seção do STJ de fixar o rol taxativo para as operadoras de saúde, o senador Fabiano Contarato (PT-ES) apresentou já nesta quarta um projeto de lei nesta quarta para obrigar os planos a cobrirem tratamento médico fora da lista apresentado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar, a ANS.

Três dos nove ministros do tribunal que votaram contra a medida entenderam que a lista deveria ser “exemplificativa”, representando apenas a cobertura mínima dos convênios.

“Não podemos permitir que a população seja prejudicada em prol do lucro dos planos de saúde […] Quem paga tem que ter direito ao tratamento adequado, e não são os planos de saúde que devem definir isso, mas um corpo médico qualificado”, justificou Contarato.

Segundo o senador, o argumento de que o rol exemplificativo poderia causar prejuízo financeiro às operadoras e elevar os valores cobrados aos beneficiários não se sustenta, já que, segundo dados da ANS, a receita do setor de planos de saúde atingiu 217 bilhões de reais em 2020.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)