Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Radar

Por Gustavo Maia (interino) Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

PSDB identifica irregularidades e tira 92 aliados de Doria das prévias

Comissão interna do partido investiga supostas fraudes no processo de inscrição de novos integrantes da legenda

Por Lucas Vettorazzo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO , Laísa Dall'Agnol Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 2 nov 2021, 17h08 - Publicado em 2 nov 2021, 15h25

A comissão do PSDB que investiga supostas irregularidades nas prévias do partido para a eleição a presidente da República do ano que vem divulgou há pouco que 92 prefeitos e vice-prefeitos de São Paulo não poderão votar no processo de escolha do representante da legenda no pleito de 2022. O anúncio foi feito há pouco em nota assinada pelo coordenador da Comissão de Prévias, o senador José Aníbal.

A decisão é um revés para João Doria, que se empenhou pessoalmente em filiar novos integrantes ao PSDB com vistas a garantir mais votos que seu concorrente Eduardo Leite. Conforme o Radar mostrou mais cedo nesta terça, apesar da contestação, o grupo político do governador de São Paulo acredita que ele vencerá a disputa partidária já no primeiro turno.

Segundo a comissão, as pessoas cuja inscrição está sob contestação foram filiadas ao PSDB depois de 31 de maio, prazo final para se ter direito a voto nas prévias. As fichas de inscrição, contudo, teriam sido registradas com datas retroativas ao prazo interno do partido. “Ao detectar irregularidade nas datas das filiações, foi determinado que os mandatários devem ser excluídos automaticamente da lista de eleitores, tanto para votar nas urnas do TRE-DF, quanto no aplicativo, no dia 21 de novembro”, informou a comissão do PSDB.

Leite comemorou a decisão. De acordo com ele, a comissão “agiu para manter o jogo eleitoral dentro das regras acordadas”.

Continua após a publicidade

O diretório do PSDB de São Paulo se posicionou dizendo que a discussão não tem relação com fraude ou irregularidade, mas sim com a permissão de participação no processo eleitoral do partido.

“Os filiados que tiveram a sua inserção no sistema de prévias do TSE que quiserem participar do processo deverão ingressar com pedido e comprovação de filiação junto ao presidente do PSDB, Bruno Araújo. Esse foi o teor da decisão acordada na reunião de prévias realizada, da qual participamos e concordamos plenamente com os termos”, diz comunicado da direção estadual do partido.

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.