Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Modo Avião Por Tatiana Cunha As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem

Os 40 passaportes mais poderosos do mundo _o Brasil é o 38º

Site especializado faz ranking dos melhores passaportes do mundo para se ter baseado no número de países onde há os cidadãos têm isenção de visto

Por Tatiana Cunha 9 jun 2017, 15h32

Se você viaja frequentemente, sabe das vantagens que um “bom” passaporte pode lhe oferecer.

A não exigência de vistos para entrar em alguns países, menos filas para fazer imigração em outros, entre outras coisas, realmente fazem diferença quando se viaja com muita frequência.

Nos últimos anos tive que virar uma espécie de ninja na arte de tirar vistos entre minhas viagens para estar com meu passaporte sempre pronto quando precisasse. Haja planejamento!

Digamos que ter apenas o passaporte brasileiro quando se roda o mundo a trabalho não é das tarefas mais fáceis neste sentido.

Alguns países, como a Inglaterra, por exemplo, permitem que seus cidadãos possuam dois passaportes ao mesmo tempo para que você possa deixar um no Consulado da China para os trâmites da retirada do visto enquanto visita a Austrália, por exemplo. É possível também pedir passaportes maiores, com mais páginas, para evitar que eles “acabem” antes da data de validade.

Ah, como minha vida seria mais fácil se eu tivesse essas facilidades…

De acordo com o site Passport Index, especializado em tudo que se refere a passaportes e vistos, hoje em dia nós brasileiros precisamos de visto para entrar em 94 países, entre vistos “normais”, eletrônicos ou daqueles que se retira ao chegar no país.

É bastante.

Não me lembro de ter tido problemas para entrar em qualquer país até hoje por ter um passaporte brasileiro. Pelo contrário. Em muitos países sinto que os funcionários da imigração até são simpáticos quando veem meu passaporte. Inúmeras vezes fui recebida com palavras na nossa língua, como “bom dia” e “obrigado” ou com coisas do tipo “Brasil? Pelé? Neymar? Ronaldo?”. Sim, é impressionante como futebol é uma língua universal ao redor do mundo…

Continua após a publicidade

Mas apesar disso, confesso que de vez em quando rola uma invejinha dos meus amigos que não precisam de visto pros EUA, pro Japão, que não pegam aquelas filas gigantes ao chegar na Comunidade Europeia, etc, etc.

Sim, porque, de acordo com um levantamento anual feito pelo Passport Index, nosso passaporte é apenas o 38o mais “poderoso” do mundo, levando-se em consideração a quantidade de países em que não precisamos de visto (são 144, no nosso caso). Estamos empatados com Mônaco e atrás de países como Lituânia (que tem “passe livre” em 149 países) e Coreia do Sul (158).

Ficou curioso para saber mais? Reproduzo ela aqui, mas apenas o Top 40. (Se quiser ver a lista completinha, vá no site, aqui)

 

Os passaportes mais poderosos do mundo

(posição/país/número de países onde seus cidadãos são isentos de visto)

1 Alemanha 159
2 Cingapura 159
3 Suécia 158
4 Coreia do Sul 158
5 Dinamarca 157
6 Finlândia 157
7 Itália 157
8 França 157
9 Espanha 157
10 Noruega 157
11 Japão 157
12 Reino Unido 157
13 EUA 157
14 Suíça 156
15 Holanda 156
16 Luxemburgo 156
17 Bélgica 156
18 Áustria 156
19 Portugal 156
20 Malásia 155
21 Irlanda 155
22 Canadá 155
23 Grécia 154
24 Nova Zelândia 154
25 Austrália 154
26 Islândia 153
27 Malta 152
28 República Tcheca 152
29 Hungria 151
30 Polônia 150
31 Eslovênia 149
32 Eslováquia 149
33 Lituânia 149
34 Letônia 149
35 Estônia 148
36 Liechtenstein 148
37 Chipre 147
38 Brasil 144
39 Mônaco 144
40 Croácia 143

Ah, quer saber qual é o pior passaporte do mundo para se ter atualmente? Palpites??

Acertou quem disse Afeganistão, que ocupa o último lugar da lista. Eles só podem entrar sem visto em 23 países. Paquistão (26), Iraque (27) e Síria (31) estão logo à frente.

Moral da história, não reclame porque sempre dá pra piorar 😉

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)