Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Modo Avião Por Tatiana Cunha As dicas certeiras de turismo e os lugares incríveis do planeta para você planejar sua próxima viagem

Os 14 piores tipos de passageiros

Quem nunca se deparou com aquele tipo cheirosinho ao lado num voo longo? Ou com aquele que puxa seu cabelo para levantar? Ou o que fala sem parar?

Por Tatiana Cunha Atualizado em 30 jul 2020, 21h03 - Publicado em 27 jan 2017, 15h06

Avião

Não sei explicar o que acontece.

A sensação que tenho é que boa parte das pessoas entra no avião e deixa do lado de fora a educação ou perde a noção do espaço alheio. É um que grita, outro que puxa seu cabelo quando vai levantar na poltrona de trás, tem o que coloca os pés no seu descanso de braço, o que quer falar o voo inteiro… os tipos são muitos. Já até falei das maneiras de ser sem noção no avião neste outro post aqui.

Acabei de voltar de viagem e, claro, tive a infelicidade de cruzar com alguns tipos destes. Pior. Um estava na poltrona do meu lado e outra na da frente. Já tinha feito um voo de mais de cinco horas e tinha esse outro de quase 11 pela frente. Tudo que queria era sentar na minha janela e capotar até chegar em Cumbica.

Pra começar entro no avião, ainda quase vazio, mas claro, o espaço reservado para as minhas malas já estava tomado pelas malas de uma moça sentada na poltrona da frente. Claro, ela tinha mais coisa do que deveria e teve que ocupar também o meu espaço. Já fiquei um pouco irritada porque aí tive eu que invadir o espaço de outro passageiro para colocar a minha mala.

Mas respirei fundo e sentei no meu lugarzinho. Ainda estava me arrumando na poltrona quando a moça, a mesma, sem nenhum alerta, joga o encosto da poltrona dela em cima de mim. Lembrando que o avião ainda estava no chão e ela deveria estar com a poltrona em posição vertical.

Enfim, respirei fundo outra vez e, por sorte, ninguém sentou ao meu lado. O avião já estava quase pronto pra decolar, as comissárias já tinham fechado os compartimentos de bagagem e o lugar do meu lado continuava livre. Sabe quando você pensa que teve sorte e entra aquele último passageiro, em câmera lenta, todo cheio de bagagens e vem direto pro seu lado? Pois é… Parecia cena de filme. De terror, claro.

Bom, pra começar o cara já era grande e ultrapassava o limite da própria poltrona. Como se não fosse suficiente, ele estava usando um casaco para frio polar, com pele e afins, que aumentava ainda mais o espaço que ele ocupava _que a esta altura já invadia o meu, obviamente.

Lógico que a mala de mão gigante dele não coube no compartimento de bagagem e teve que ir debaixo da poltrona da frente. O que fazia com que a perna dele não coubesse no espaço reservado pra ela. Outra vez, invadindo o meu espaço.

E como desgraça pouca é bobagem, eu acho que ele tinha formigas dentro da calça porque não parava de se mexer um segundo!! Foi um dos voos mais longos da minha vida. Cada vez que eu caía no sono ele se mexia.

Avião

Tentei de tudo. Coloquei meu travesseiro de barreira para ele não encostar em mim. Nada. Meu casaco, talvez? Não rolou. Apelei até pro expediente usado por um amigo meu, que eu sempre achei engraçadíssimo, e coloquei a revista de bordo entre nós para ver se eu parava de sacudir a cada mexida do rapaz. Não teve jeito.

Cheguei em São Paulo só o pó e, por coincidência, me deparei com uma pesquisa feita pelo site Expedia sobre os piores tipos de passageiros que a gente encontra em aviões. Achei que seria uma boa compartilhar com vocês e quem sabe a gente não vai compartilhando e compartilhando até o povo entender que viajar de avião já é incômodo por si só. Que a gente não precisa ter que lidar também com o pé alheio, com o cheiro alheio, com a carência alheia, etc e tal.

A pesquisa foi feita com 1.005 americanos, maiores de 18 anos, e eles podiam escolher mais de um tipo de passageiro, por isso o resultado dá mais de 100%.

E aí, você concorda com os resultados?

Passageiros

Continua após a publicidade

Qual o pior tipo de passageiro?

1. O que chuta a poltrona da frente – 64%

2. O que não cuida dos filhos – 59%

3. O “cheirosinho” – 55%

4. O que coloca o volume no máximo – 49%

5. O bebum – 49%

6. O conversador – 40%

7. O que adora reclinar a poltrona – 35%

8. O que fura fila – 35%

9. O que rouba o descanso de braço – 34%

10. O que leva comidas fedidas – 30%

11. O que gosta de tirar a roupa – 28%

12. O cheio de amor pra dar – 28%

13. O que tem a bexiga frouxa – 22%

14. O solteiro e paquerador – 18%

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês