Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Nova rodada da pesquisa Datafolha traz balde de água fria para Bolsonaro

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 13 jul 2022, 12h37 - Publicado em 1 jul 2022, 10h36

A nova rodada do DataFolha relacionada à disputa para o governo de São Paulo, divulgada nesta sexta, 1º, acaba por trazer mais uma péssima notícia para Jair Bolsonaro.

Segundo o instituto, 64% dos paulistas não votariam de forma alguma em um nome apoiado pelo presidente da República. Apenas 17% disseram que “com certeza” fariam isso. Outros 17% afirmaram que talvez votassem em um nome apoiado pelo atual inquilino do Palácio da Alvorada.

É que, enquanto levantavam como anda a corrida estadual do maior colégio eleitoral do Brasil, pesquisadores do DataFolha perguntaram aos eleitores o que eles achavam de votar em um nome apoiado por Jair Bolsonaro ou Lula.

Enquanto o presidente vive esse fiasco como padrinho político em São Paulo, o petista tem um melhor desempenho – apesar de também mostrar uma rejeição alta.

Continua após a publicidade

De acordo com a pesquisa, 51% dos entrevistados disseram que não votariam em nenhum candidato apoiado por Lula –  24% disseram que apoiariam com certeza um nome do petista e 23% apontaram que talvez o fizessem, a depender da situação.

A corrida eleitoral em São Paulo é chave para qualquer candidato que almeja o Palácio do Planalto. Ganhar no estado significa colocar um pé na presidência – por isso, os dados são tão importantes a 93 dias das eleições.

Como mostrou a coluna nesta semana, integrantes do PSB, partido de seu candidato a vice Geraldo Alckmin, acreditam que Lula errou ao apoiar Fernando Haddad, em detrimento do pessebista Márcio França.

Continua após a publicidade

O PSDB governa o estado há 30 anos, sempre vencendo nomes do PT que vão perdendo fôlego à medida que a data da eleição se aproxima. O temor no PSB é que isso ocorra novamente.

Nesta rodada do Datafolha, Haddad aparece com 34%, seguido por Tarcisio de Freitas, com 13%, que é o nome de Bolsonaro para o Estado. Também com 13% está o atual governador, Rodrigo Garcia, filiado ao PSDB.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.