Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

Matheus Leitão

Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog
Continua após publicidade

Nova pesquisa Ipec é a melhor notícia para Lula em duas semanas 

Entenda

Por Matheus Leitão Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 12 set 2022, 22h13 - Publicado em 12 set 2022, 21h59

Diferentemente da FSB, a pesquisa Ipec – divulgada na noite desta segunda, 12, no Jornal Nacional – traz uma série de boas notícias para Lula, que recebeu hoje o apoio de Marina Silva, mais uma liderança que se junta à longa lista de seguidores do petista.

O levantamento Ipec, que herdou a metodologia do antigo Ibope, revelou que o ex-presidente cresceu dois pontos percentuais em sete dias, enquanto Jair Bolsonaro permaneceu com 31% dos votos, mesmo após os atos de 7 de Setembro.

A pesquisa ouviu 2.512 pessoas em 158 municípios – de forma presencial – após as comemorações dos 200 anos da Independência, data cívica sequestrada pelo atual presidente para atos de campanha.

Também em movimento contrário ao do levantamento FSB, que faz a pesquisa por telefone, o Ipec registrou um aumento da desaprovação do governo Bolsonaro, que subiu de 57% para 59%. O líder da extrema-direita ainda viu a aprovação da sua gestão cair três pontos percentuais, de 38% para 35%.

Continua após a publicidade

O número de brasileiros que considera a administração do atual presidente ruim ou péssima também subiu de 43% para 45%.

As notícias desfavoráveis a Bolsonaro não param por aí.

De acordo com o Ipec, enquanto 86% dos eleitores esquerdistas dizem que a escolha em Lula é definitiva e 84% dos direitistas afirmam o mesmo sobre Bolsonaro, mais da metade (52%) dos eleitores de Ciro Gomes acreditam que ainda podem mudar de voto.

Continua após a publicidade

Como mostram todas as pesquisas, a maioria dos ciristas que porventura mudarem a opção no candidato do PDT… tendem a escolher Lula, o que pode ser a identificação do voto útil no petista ainda no primeiro turno.

A exatos 20 dias das eleições – e com o clima de tensão no ar diante da violência deste 2022 -, os devotos das pesquisas olho no olho, e defensores de que elas são mais precisas que as realizadas pelo telefone, começaram de novo a acreditar em um desfecho na primeira etapa do pleito.

Isso, após duas semanas com levantamentos que mostravam uma recuperação lenta, mas constante de Jair Bolsonaro.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.