Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Imagem Blog

Em Cartaz

Por Raquel Carneiro Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Do cinema ao streaming, um blog com estreias, notícias e dicas de filmes que valem o ingresso – e alertas sobre os que não valem nem uma pipoca
Continua após publicidade

A tentativa de retorno ao estrelato de Johnny Depp no Festival de Cannes

Após extensa batalha legal com a ex-esposa Amber Heard, ator apostou no cinema europeu — e em breve vai colher os primeiros frutos

Por Da Redação 7 abr 2023, 10h47

Após 3 anos afastado das telas, o ator Johnny Depp retorna ao cinema com grande pompa. Seu próximo filme, o francês Jeanne Du Barry, será exibido na sessão de abertura do Festival de Cannes em 16 de maio. A volta acontece após uma batalha legal que começou em 2016, quando Amber Heard, sua ex-esposa, pediu o divórcio e o acusou de agressão. Ao longo de múltiplos processos judiciais, Depp foi reconhecido como agressor pela Justiça Britânica, mas sua espetacularizada passagem pelos tribunais em 2022 — quando o júri americano definiu ambas as partes como culpadas por difamação — parece ter restaurado sua figura pública. 

Desde então, Depp tem recebido láureas de muitos de seus colegas de profissão. A cantora e empresária Rihanna o homenageou na última edição do show de desfile de sua marca de lingerie, o Savage X Fenty Vol. 3, distribuído pelo Prime Video. Já no Video Music Awards 2022, premiação da MTV, o ator fez uma participação especial surpresa. Sua aposta em Cannes, no entanto, é a mais concreta evidência de seu retorno à indústria cinematográfica. Desde que deixou a franquia Animais Fantásticos, da qual era o principal vilão, ele tem se dedicado a títulos de pouco sucesso tanto em crítica quanto em público. 

Apesar de ter caído em desgraça por boa parte dos últimos anos, Depp conseguiu também a proeza de ter cultivado uma ávida legião de fãs, que transformou suas idas ao tribunal em tapetes vermelhos — e, a internet, em infindável discussão. A presença online de seus admiradores é tanta que na edição de 2022 do Oscar, quando a Academia criou a categoria “Favorito dos fãs”, votada pelo público, o filme O Fotógrafo de Minamata, estrelado por Depp, chegou ao terceiro lugar do palanque. O longa estreou nos EUA dois anos após sua première no Festival de Berlin e arrecadou mero 1,7 milhão de dólares com um orçamento de 11 a 13 milhões.

Jeanne Du Barry é dirigido pela atriz e cineasta Maïwenn e narra a ascensão e queda de Jeanne Vaubernier, filha ilegítima de uma pobre costureira, que subiu na corte de Luís XV até se tornar a amante oficial do monarca, vivido por Depp. O filme ainda não tem previsão de estreia no Brasil.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.