Clique e assine a partir de 9,90/mês

Witzel estende quarentena no Rio por mais 15 dias

'Olhe o que aconteceu nos países nos quais as pessoas não acreditaram nas consequências desse vírus'

Por Ernesto Neves - Atualizado em 29 mar 2020, 18h02 - Publicado em 29 mar 2020, 17h49

Governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel anunciou neste domingo (29) que estenderá a quarentena no estado por mais 15 dias. Com isso, as medidas de afastamento social valem até o dia 17 de abril.

De acordo com o último boletim emitido pela Secretaria de Saúde, o estado tem 600 casos de Covid-19.

No momento, 41 pacientes internados com o novo coronavírus no estado, 20 deles no CTI. 

Foram registradas 13 mortes confirmadas por coronavírus na cidade do Rio, uma em Miguel Pereira, uma em Niterói, Petrópolis e uma em Volta Redonda.

Continua após a publicidade

Segundo Witzel, o decreto será assinado na próxima segunda (30), e foi baseado em avaliação feita pela Organização Mundial da Saúde.

“Não desafie o coronavírus. Não siga atitudes impensadas e descoladas da realidade”, escreveu o governador, em clara alusão ao comportamento do presidente Jair Bolsonaro, que vem conclamando apoiadores a sair às ruas pelo fim da quarentena.

“Olhe o que aconteceu nos países nos quais as pessoas não acreditaram nas consequências desse vírus. Não se oriente por ações irresponsáveis de quem quer que seja. Mantenha-se em casa. Os fluminenses podem ter certeza de que vamos juntos vencer essa doença”, escreveu Witzel. 

Publicidade