Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vítima de atirador de Goiânia está paraplégica

Isadora, de 14 anos, foi atingida por dois disparos, um no pescoço e outro na coluna

Isadora de Morais, de 14 anos, uma das estudantes baleadas no colégio Goyases na sexta-feira 21 está paraplégica em decorrência de uma lesão na medula espinhal. De acordo com o boletim médico divulgado nesta quarta pelo Hospital de Urgência de Goiânia (HUGO), a menina está em situação regular e consciente, mas continua internada em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sem previsão de alta. Isadora foi atingida por dois disparos, um no pescoço e outro na coluna

Nesta quinta, o hospital havia informado que as outras vítimas do atirador apresentavam sinais de melhora. Marcela Macedo, também de 14 anos, foi baleada no tórax e a bala se alojou próximo ao pulmão. Segundo familiares, ela já está consciente e andando. Lara Fleury Borges, da mesma idade, é a que apresenta o melhor quadro e pode receber alta a qualquer momento. O tiro teria acertado o seu relógio.

Outro ferido, Hyago Marques, de 13 anos, já havia recebido alta no último domingo, e foi recebido em casa com um churrasco.

Na última sexta-feira 20, o adolescente sacou da mochila uma pistola .40, que pertencia à mãe, sargento da Polícia Militar (PM), alvejou primeiro um desafeto seu e depois descarregou um pente de onze balas a esmo. Segundo a Polícia Civil, ele estava atordoado e gritava que iria matar todo mundo. Dois garotos, João Pedro Calembo e João Vitor Gomes, ambos de 13 anos, morreram na hora. Os outros quatro ficaram feridos.

O adolescente continua internado no Centro de Internação Provisória, para onde foi transferido da delegacia nesta segunda-feira. Nesta terça-feira, está previsto um culto ecumênico em homenagem às vítimas na frente do colégio. Hoje é feriado em Goiânia pelo aniversário de 84 anos da cidade.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. samuel campos ferreira

    OS PROBLEMÁTICOS É QUE NECESSITAM MAIS DE EDUCAÇÃO, DISCIPLINA E ORIENTAÇÃO ! O ALUNO QUE COMETEU O ATENTADO DEVE CONTINUAR, A SER CONSIDERADO UM EDUCANDO.

    Curtir

  2. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Até os 18 anos o pai ou a mãe deveriam ficar presos e ao completar 18 anos, o assassino iria susbstituí-los. Simples. Por isso sou à favor da redução da maioridade. Se fosse possível, em breve iria para o xilindró. Um doente que destruiu a vida de dezenas de pessoas. Pelo cometário de cima, o santinho é o matador e os demais são os priblemáticos…não entendi essa.

    Curtir

  3. Rezava para que ela escapasse desta sem sequelas e é muito doloroso sequer ler o título desta matéria.

    Curtir