Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Receita Federal deflagra operação contra fraude fiscal de R$ 5 bilhões

Polícia Federal cumpriu 17 mandados de prisão preventiva e 34 mandados de busca e apreensão em 12 cidades

A Receita Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira a Operação Fake Money, em parceria com o Ministério Público Federal e a Polícia Federal. O alvo é uma organização criminosa que simulava quitação ou compensação de tributos federais de empresas. Segundo as autoridades, a fraude fiscal causou um prejuízo de 5 bilhões de reais aos cofres públicos.

São 16 mandados de prisão preventiva e 33 mandados de busca e apreensão em 12 cidades: São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, São Paulo, Araraquara, Piracicaba, Barueri, Osasco, Descalvado, Itapecerica da Serra,e Mirassolândia, todas em São Paulo; Curitiba, no Paraná; e Uberlândia, em Minas Gerais. De acordo com o Ministério Público Federal, a organização agia por meio das empresas Appex, Alpha One e Alphabusiness, que ofereciam “consultoria tributária” a empresas que tinham dívidas com a Receita.

A empresa negociava falsos créditos na tentativa de pagamento de tributos de empresas. Os envolvidos diziam ter créditos tributários lastreados em títulos públicos, que poderiam ser utilizados para a quitação dos débitos de terceiros. Em contrapartida, cobram 70% do valor a ser quitado com o fisco. Dos 16 mandados de prisão, 15 pessoas foram presas.

Até o momento, cerca de 3.000 empresas tiveram envolvimento e deverão ser multadas. Os representantes delas poderão responder penalmente por sonegação fiscal, caso não sejam regularizadas as declarações ao fisco.