Clique e assine com 88% de desconto

Polícia do Rio caça bandidos que mataram agente

Cem homens fazem operação na Favela do Dique, na Zona Norte do Rio. Um menor, acusado de participar do crime, foi apreendido

Por Da Redação - 23 jan 2013, 10h58

Cerca de 100 policiais civis realizam operação na Favela do Dique, no Jardim América, na Zona Norte do Rio, na manhã desta quarta-feira. O objetivo da ação, que envolve diversas delegacias especializadas, é prender os responsáveis pela morte do policial Jaime Antônio Antunes, de 44 anos, na última sexta-feira, em Vista Alegre, também na Zona Norte. Policiais tentam cumprir dois mandados de prisão e dois de busca e apreensão, contra menores de idade.

Um jovem de 17 anos foi apreendido, acusado de ser um dos assassinos. Segundo o delegado Willian Pena Júnior, da Divisão de Homicídios (DH), o adolescente atirou contra a vítima e , em seguida, acertou uma pedra na cabeça do policial ferido.

Jaime Antunes era lotado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. Ele foi morto com dez tiros durante uma tentativa de assalto quando saía de casa pela manhã. De acordo com a polícia, ele foi assassinado depois que os criminosos descobriram que ele era um policial. Ele teria reagido ao assalto, mas foi baleado e morto.

Durante a operação, outros dois homens foram presos em flagrante, um por porte ilegal de arma e outro por tráfico de drogas.]

Publicidade

LEIA TAMBÉM:

Delegado carioca ataca mulheres policiais pelo Twitter

Delegado que criticou mulheres é substituído – por uma mulher

Publicidade

Delegado machista pede desculpas a mulheres ofendidas

Publicidade