Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PM usa cano de arma para empurrar aluna em escola de Guarulhos

Segundo relatos, estudantes protestavam por melhorias em unidade e contra falta de tolerância no fechamento dos portões

Um protesto na Escola Estadual Frederico Barros Brotero, em Guarulhos (SP), terminou em um confronto entre policiais militares e os estudantes na noite desta quinta-feira, 4. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que um PM aponta a arma para os alunos. A Polícia Militar disse quetomou ciência do vídeo e instaurou investigação para analisar a conduta dos policiais”.

O vídeo, gravado pelos estudantes da escola, mostra um policial militar em frente ao portão apontando uma arma para os alunos. Após alguns instantes, o PM usa o cano da arma para empurrar uma aluna. Nas imagens, um homem tenta afastar o policial.

Os alunos protestavam por melhorias na escola e contra a decisão do diretor de acabar com os minutos de tolerância para a entrada na classe, proibindo a entrada de alunos depois das 19 horas. Segundo relatos nas redes sociais de uma moradora da região, os alunos diziam que o portão estava sendo fechado alguns minutos antes do horário previsto.

O protesto aconteceu nos três períodos de aula, mas o vídeo foi gravado durante manifestação à noite. Na postagem, a moradora também afirma que a maior parte dos estudantes trabalha e vai direto para a escola, sendo necessário alguns minutos de tolerância. “Os alunos se queixam também da manutenção e da forma com que têm sido tratados pela nova gestão”, diz.

Confira o vídeo:

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    PM não é porteiro de escola. Se foram chamados foi porque tinha violência e tumulto.

    Curtir