Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

PF confirma que restos mortais encontrados são de Bruno Pereira

Na sexta-feira 17, exames já haviam apontado que um dos corpos era de Dom Phillips; ambos foram mortos a tiros pelos criminosos

Por André Sollitto Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 18 jun 2022, 14h11 - Publicado em 18 jun 2022, 14h04

A Polícia Federal confirmou neste sábado, 18, que parte dos restos mortais encontrados é do indigenista Bruno Araújo Pereira. Na sexta-feira 17, a corporação já havia informado que um dos corpos recuperados no local das buscas era do jornalista britânico Dom Phillips. A confirmação foi feita por meio de exames de arcada dentária e papiloscópio (de impressões digitais).

Em nota divulgada nas redes sociais, a PF do Amazonas afirma que ambos morreram por disparos de arma de fogo. Dom foi atingido uma vez no tórax, e Bruno recebeu três tiros, na cabeça e no tórax. Os criminosos usaram munição de caça. Os exames apontam que não há indícios de outros indivíduos entre os restos mortais encontrados.

Ainda de acordo com a nota, os trabalhos dos peritos do Instituto Nacional de Criminalística, nos próximos dias, “serão concentrados nos exames de Genética Forense, Antropologia Forense e métodos complementares de Medicina Legal, para identificação completa dos remanescentes e compreensão da dinâmica dos eventos”.

Bruno e Dom desapareceram no dia 5, na região do Vale do Javari. O local onde os restos mortais foram encontrados foi apontado por Amarildo da Costa Oliveira, o “Pelado”. Ele e o irmão, Oseney da Costa de Oliveira, foram presos. Neste sábado, a PF confirmou também a prisão do terceiro suspeito de envolvimento nas mortes de Bruno e Dom. Jeferson da Silva Lima, conhecido como “Pelado da Dinha”, se entregou às autoridades em Atalaia do Norte.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.