Clique e assine com até 92% de desconto

Destaques da semana: Amazônia, PIB do trimestre e Libertadores

Pressão internacional contra queimadas continua e país descobre se entrou em ‘recessão técnica’; no futebol, brasileiros lutam por vaga na semi continental

Por Da Redação Atualizado em 26 ago 2019, 06h35 - Publicado em 26 ago 2019, 06h30

Comece a semana bem informado e saiba o que será destaque no noticiário:

Amazônia em chamas
Passada a reunião do G7 na França, no fim de semana, a pressão internacional sobre o governo de Jair Bolsonaro pelos incêndios na Amazônia não tende a diminuir. Enquanto tropas do Exército tentam debelar as chamas, o presidente deve se encontrar durante a semana com governadores da Amazônia Legal para debater a crise. Em outra frente, a Polícia Federal vai investigar possíveis origens criminosas das queimadas.

Recessão técnica?
O resultado da economia brasileira no segundo trimestre deste ano será divulgado na quinta-feira pelo IBGE. Caso venha negativo, o país entra na chamada recessão técnica, termo usado quando o resultado de dois trimestres consecutivos é de retração. Entre janeiro e março desde ano, a economia encolheu 0,2%. A expectativa do mercado, porém, é que, apesar do ritmo lento, o PIB seja positivo. O Bradesco aposta em crescimento de 0,2% e o Itaú, de 0,5%. As previsões, entretanto, contrariam o IBC-BR, índice usado como prévia do PIB, que, no segundo trimestre, veio com queda de 0,13%.

  • Lula no STF
    A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julga na terça-feira a reclamação da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ter acesso ao acordo de leniência firmado pela Odebrecht com o Ministério Público Federal e às provas dos sistemas Drousys e MyWebDay, usados para comunicação ente executivos da empreiteira e para organizar o pagamento de propinas. O recurso é relativo ao processo no qual o petista é acusado de ter recebido da construtora um apartamento em São Bernardo do Campo e um terreno para o Instituto Lula como contrapartida a contratações irregulares pela Petrobras. A defesa pede a suspensão do processo até que a defesa tenha todos os acessos pedidos. A votação pode indicar qual é o humor dos ministros do STF em relação a Sergio Moro, que era juiz nesse caso, depois do vazamento de conversas entre ele e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba.

    Deltan na berlinda
    O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) deve aplicar na terça-feira a primeira punição a Deltan Dallagnol. O colegiado pode analisar uma reclamação apresentada pelo presidente do STF, Dias Toffoli, contra o procurador em razão de uma entrevista em que afirma que alguns ministros da Corte “mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção”.

    Continua após a publicidade

    O Brasil na Libertadores
    A semana terá uma agitada agenda esportiva, com a definição dos semifinalistas da Copa Libertadores. Na terça-feira, o Palmeiras, que venceu o primeiro jogo em Porto Alegre, receberá o Grêmio no Pacaembu, às 21h30. Um dia depois, o Inter, em desvantagem depois de perder por 2 a 0 no Rio, encara o Flamengo no Beira-Rio, também às 21h30. Boca Juniors x LDU e Cerro Porteño x River Plate fazem os jogos da outra chave.

  • Mais esporte
    Começa no sábado, com oito partidas, o Mundial de Basquete da China. A seleção brasileira estreia no domingo, diante da Nova Zelândia, às 5h da manhã, na cidade de Nanquim. No mesmo dia, a seleção americana, atual bicampeã e favorita, encara a República Checa.

    Costuras italianas
    O presidente da Itália, Sergio Mattarella, deverá concluir na terça-feira as negociações sobre a formação de uma nova coalizão de sustentação ao governo e consequente indicação de um novo primeiro-ministro. Mattarella quer evitar a convocação de novas eleições parlamentares neste ano e, dessa forma, atrapalhar os planos do ministro do Interior, Matteo Salvini, presidente do partido de extrema direita Liga de subir ao poder. Até a semana passada as conversas se davam entre a legenda antissistema Movimento 5 Estrelas e o Partido Democrático (PD), de centro-esquerda.

  • Western sertanejo
    Terceiro longa-metragem do diretor Kleber Mendonça Filho, de O Som ao Redor (2012) e Aquarius (2016), Bacurau estreia na quinta-feira nos cinemas brasileiros credenciado pelo prêmio do Júri no Festival de Cannes. A produção, dirigida em parceria com Juliano Dornelles e estrelada por Sônia Braga, conta a história de um povoado fictício localizado no sertão brasileiro. Depois da morte da matriarca local, estranhos episódios começam a acontecer e os habitantes chegam à conclusão que estão sendo atacados por um inimigo invisível.

    Relatório da Previdência
    A expectativa é que o relator da reforma da Previdência na CCJ do Senado, Tasso Jereissati (PSDB-CE), finalmente apresente uma versão de seu parecer nesta semana. A previsão inicial era que o senador entregasse uma versão preliminar na última sexta-feira – o que não aconteceu. O adiamento atrasou o cronograma da reforma na CCJ. Tasso já adiantou que vai manter o “coração” da proposta e que mudanças devem ser incluídas em uma PEC paralela, para evitar que o texto principal volte à Câmara.

    Continua após a publicidade
    Publicidade