Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Amigos e parentes lamentam morte de goleiro da seleção sub-15

Há um mês, Christian Esmerio Candido comemorava convocação

Nas redes sociais, amigos e parentes lamentaram a morte do goleiro Christian Esmerio Candido, de 15 anos, no incêndio que ocorreu na madrugada desta sexta-feira, 8, no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. O garoto era jogador da base do clube e goleiro da seleção brasileira sub-15.

No dia 8 de janeiro deste ano, o goleiro comemorou a convocação para jogar novamente na seleção brasileira. “Muito obrigada senhor, é sempre uma honra vestir a camisa da seleção brasileira”. Christian já estava treinando com o time para a temporada.

O companheiro de time, Pedro Henrique Martins, conhecido como Pedrinho, publicou uma foto no Instagram ao lado de Christian. “Não é possível, acordar e me deparar com isso. A ficha não caiu e nem vai cair tão cedo. Ontem eu vi vocês lá, e na próxima vez que eu for no ninho vocês não vão estar”, disse.

Uma amiga também se manifestou pelo Facebook. “Vi pequeno indo para os jogos do seu pai, sempre gostou de futebol, sempre com a bola na mão, toda vez que me via, sempre vinha me dar um beijo, sempre perguntando se estava tudo bem, que Deus te receba de braços abertos”, escreveu.